quinta-feira, junho 28, 2007

Copo meio quebrado.

Pera aí, copo quebrado? Ah, só podemos estar falando de uma pessoa.

Tô preocupado.

Porque dessa vez o Rodolfo vai mandar a Jô embora. É, ontem foi a gota d'água. Ou de cândida. Ou melhor, ontem foi o caco de vidro.

Bom, aquela velha história de sempre: pra quem não sabe, a Jô é a minha empregada. E ela trabalha(va) na casa do meu amigo Rodolfo também. No fim desse post eu coloquei uns links para os textos que se referem à ela. Assim quem não conhece a saga, se atualiza.

Mas voltando ao assunto, não dá nem pra falar nada. Ela já quebrou uns 3 jogos inteiros. Na casa do Rods tem um copo de cada modelo, parece aqueles restaurantes moderninhos.

- Ó seu Rodolfo, eu tava lá limpando o quarto do senhor quando de repente ouvi um estalo na cozinha. Quando eu fui lá ver tinha quebrado um copo.

Pois é, a mulher é tão profissional que já quebra com o poder da mente.

Eu defendo a tese de que o problema da casa do Rods é que lá tem rádio. Quando ela vai limpar o apartamento, liga o rádio naquelas estações evangélicas e fica cantando: JesuuuuuuuuÚÚÚÚiiiis, sua glóóóóóóóóóóóóóóriaaaaa, aluluuuuuuuuÚÚÚÚÚIiiiia.

Pô, isso estoura qualquer copo. Aliás, fico admirado da porta da varanda estar inteira ainda.

Eu fiquei preocupado porque o acordo era o seguinte:

Na minha casa ela devasta a geladeira. Na casa do Rods, ela destrói a louça.

E agora que ela não vai ter mais os copos do Rods pra quebrar, será que ela vai transferir o fetiche lá pra casa?

- Ai, se eu quebrar só essezinho aqui o Seu Gastón não vai nem ligar.

Essa mulher vai trabalhar só na minha casa. Imagina a energia acumulada durante toda a semana, a fissura que ela vai ter na hora de entrar lá, naquela crise de abstinência violenta. Bom, eu tenho um jogo de copos de reserva.

Pensei em emborrachar o chão. E a pia também.

Pensei em esquema de bônus. Eu deixo ela comer o dobro de melão se não quebrar nada. Se bem que ela já come o dobro de melão...

Pensei em comprar umas luvas de goleiro pra ela.

Pensei em usar copos e pratos descartáveis.

Pensei em enrolar o apartamento em plástico bolha. Mas aí eu ia querer estourar tudo.

Não sei o que eu faço.

Já disse que não posso mandar a Jô embora. Ela faz parte desse blog.

Alguém aí tá precisando de empregada?

Eu prometo que dou um jogo de copos de plástico e um litrão de cândida.

Ou então sei lá, pode ter alguém precisando de espaço no armário da cozinha. Ou que já enjoou de beber água sempre nos mesmos copos.

Olha, só que não esquece do Philadelfia dela heim? Light, por favor. E ela curte peito de peru também.

Macarrão, só Barilla, miojo não rola. E uns docinhos de vez enquando.

Bom, precisando, ela tá livre de segunda à quinta.



Links dos textos sobre a Jô publicados nesse blog:

Candida on the rocks
Mãos de quiabo
Anúncio de emprego
Eu, ligando pra casa
São uma mão
Enquanto isso, num apartamento em Moema
Todo o requinte e sofisticação

25 Comments:

Blogger Chirla said...

Ah, aqui em casa a Zizi não quebra copos, nem ataca a geladeira não. Ela prefere as coisas antigas que a minha mãe tem.
Vasos? Os preferidos.
Enfeites de cristal ou porcelana? Ah, ela passa o cabo da vassoura sem pestanejar!!

Mas é a única que acha as crises de latido do meu querido dog uma gracinha!!!!

12:32 AM

 
Blogger Rubina said...

Com tanta perda, eu acho que você devia mandar a Jo embora...

5:45 AM

 
Anonymous Anônimo said...

Que copo importante foi este? Melhor falar logo que ela come demais e quebra coisas demais, aí pelo menos não vai ser por falta de aviso.
Bjs. Rosana.

7:07 AM

 
Blogger Jo-Jo said...

Tente achar uma familia grega para acolher a Jô. Aposto que ela nunca vai ser demitida se quebrar prato.......

9:15 AM

 
Blogger Tati said...

eu acho que agora é atenção 1000! Se ela começar a gastar a energia dela na sua luça, bye bye Jo!!!

9:18 AM

 
Blogger Gastón said...

Chirla, a Zizi é uma especialista em antiguidades? Nossa, mas que pérola! Sofisticada heim? Garanto que ela sabe identificar um vaso Ming há quilômetros de distância.

Rubi, na minha casa ela ainda não quebrou copos. E eu não posso mandar a Jô embora, ela rende posts.

Ro, na verdade parece que não foi m copo importante. Foi só o vigésimo copo ou coisa do tipo.

Jo-Jo, fantástico rsrsrsrsrs. É isso mesmo, uma família grega seria perfeito.

É Tati, agora o negócio é ficar de olho. Mas não sei, essa história é muito esquisita. Lá em casa ela não quebra nada há meses.

9:31 AM

 
Blogger Paps said...

Hahahahahahahahahahahahahah...
Gastón, acabei de conhecer seu blog, via outro blog que não lembro mais qual foi. Eu tou de férias, de bobeira, e fazendo peregrinações diárias na blogosfera. Confesso, faz tempo que não rio tanto sozinha. Li todos os posts sobre a Jô. Chorei de rir. Eu já tive a minha cota de Jôs na vida e é dose. Ainda bem que vc pode sublimar as augruras através das historinhas.
Beijo grande e obrigada pelas risadas!

12:03 PM

 
Blogger Anna said...

Gastón,
Estou sem empregada... há meses. Ia até te pedir a Jô emrpestada, mas resolvi ler todas as histórias que ela já rendeu por aqui antes...
Desisti da Jô.
E por amor àqueles montes de jogos de copos, taças pra isso, taças pra aquilo, jarras e mais um monte de coisas de vidro que eu tenho lá em casa (e que que morro de ciúmes), acho melhor continuar eu mesma limpando meu apto.
A última "Jô" que eu tive lá em casa (que durou dois longos finais de semana)quebrou o copo do meu liquidificador ao tirá-lo da embalagem, deixou dois terninhos pretos que eu uso para trabalhar com lindas marcas brilhantes de ferro de passar e ainda passou "bombril" em uma panela de aço inox com a intenção de deixá-la ainda mais brilhante!
Estou traumatizada com a classe.
Boa sorte pra vc!
Beijo
Anna

2:33 PM

 
Blogger Nana said...

As histórias da Jõ são excelentes! E eu reclamando da Graça...

2:44 PM

 
Blogger Leonardo said...

Cara.

Se em algum dia da semana ela está na sua casa enquanto vc tb está, tenho a solução perfeita p/ o seu problema.

Abra a geladeira e procure pelas coisas que ela comeu. Quando não achar, comece a gritar, não com ela, mas esbravejando sozinho, que nem um maluco mesmo. Faça caras de psicho e pegue talvez uma faca. Em seguida, no acesso de fúria, quebre um copo velho. Daqueles de requeijão mesmo... E quando quebrar (tenha certeza de que ela vai ver vc quebrar o copo), pare a agressividade, coloque as mãos na cabeça e caia de joelhos perto do copo, lamentando funebremente o acontecido, do tipo falando baixinho coisas incompreensíveis. Logo em seguida, levante, como se nada tivesse acontecido e olhe pra ela, e saia.


eu DUVIDO q ela vá comer ou quebrar algo mais na sua casa...

Aliás, eu DUVIDO q ela continue trabalhando lá.

ahahhahahah

abraços.

2:50 PM

 
Blogger Alice said...

Adorei a idéia da família grega!!!!!

2:52 PM

 
Blogger Garota do Zippo said...

Já tentou oferecer uma "mistchura" pra Jô?
Como um prêmio por não quebrar nada. Mas mistchura light, claro. Sugestão do dia: filet de frango grelhado no George Foreman.

3:59 PM

 
Blogger J@de said...

E ela paga quanto? Pô nem com muito amor prá aturar uma dessas... fala sério!!

6:13 PM

 
Blogger Rodolfo Barreto said...

5 copos de três jogos diferentes.
2 pratos
1 copo de Liquidificador
2 velas decorativas
1 suporte de vidro pra vela
3 camisas
1 varal
1 Box Blindex de banheiro

Já vi filme de ação do Vandame com menos coisa destruída.

6:34 PM

 
Blogger Gastón said...

Paps, bem vinda ;0) Que bom que você curtiu e deu boas risadas. Espero que apareça sempre e comente sempre.

Anna, eu brinco muito com o lance da Jo. Mas vou te falar uma coisa: ela é totalmente de confiança. Pra quem mora sozinho que nem eu e NUNCA vê a cara da empregada, isso é fundamental. Comer, todas comem. Quebrar... bom, a Jô não quebra nada em casa há uns 6 meses. Sério. Na casa do Rods é que ela tem abusado. Culpa daquele rádio...

Nana, por isso que eu não mando ela embora :0)

Leo, eu, graças ao bom deus, não encontro nunca com a Jô. Porque ela fala mais que cego na chuva meu amigo.

Alice, foi perfeita essa né?

Garota, não consigo escrever essa palavra, não sai rsrsrs

J@de, ela não paga nada. quem paga sou eu. os pecados, inclusive.

Rods, que bela lista não?

a minha é:

1 batente de janela
1 arara de roupas
4x a mão do meu Sao Francisco
1 porta de armário

Mas faz tempo.

8:05 PM

 
Anonymous Michel said...

Caraca a Jô tá feroz hein.
A minina é poderosa. Acho que vou te dar um conjunto da Coza de copos. Ou melhor fazer uma vaquinha com os blogueiros daqui.

10:28 AM

 
Blogger Cláudia said...

Como ela fez pra quebrar um box blindex?

1:48 PM

 
Blogger urbenauta said...

Eu tenho a solução!
Ela deriva dos hospitais psiquiátricos mais antigos:
Paredes e chão acolchoados!
A segunda soluçã é deixar um monte de farofa, com galinha e umas velas na geladeira.
Duvido que a Jo vá comer algo da geladeira! (Fica mais eficiente se na farofa voce colocar os nomes de alguns desafetos...)

3:08 PM

 
Blogger Jade said...

veja pelo lado bom:

*agora ela eh só sua (q erotico)
*vc pode tah sempre renovando suas coleções de copos, assim vc não enjoa deles!
=D

7:42 PM

 
Blogger Vicky Meiotta said...

Genteeee,
juro que ando pensando em contratar a Jo. Pq é fato que ela inspira e já que ando tão sem inspiração....
O que são copos perto de novos contos ótimos?!

8:57 PM

 
Blogger Ana Téjo said...

Olha, eu tenho em casa uns copos que foram da minha sogra e que eu ODEIO. Já deixei no cantinho da mesa, já coloquei virado de boca pra baixo na pia, já dei até pro meu filho de cinco anos tomar suco enquanto anda de skate e não consegui quebrar NENHUM. Será que a Jô pode me acudir ou será que "copo ruim não quebra"?

11:55 AM

 
Anonymous Re said...

Olha depois que a minha Beth jogou fora a minha planta pois se atrapalhou, e mesmo assim sumiu de casa sem nem dar satisfação, acho que a Jô não é um mal negócio não.... ela ia quebrar as coisas e colocar a culpa nos cachorros.... e meu são francisco está com as duas mãos.... sei não, pensando bem eu passo a Jô para alguém mais corajoso... bjs Re

12:36 PM

 
Blogger Vicky Meiotta said...

Momento de insônia no Rio de Janeiro às 4 da manhã de uma terça-feira e Jô me salvou do tédio! To PASSANDO MAL DE RIR!!!

Agora não me restam dúvidas, depois de ler todos os textos sobre a Jô, quero já o telefone dela. Não há falta de inspiração que resista a essa mulher!!

4:30 AM

 
Anonymous a ceppo (de london) said...

depois de mais de um ano lendo secretamente seus posts nos meus domingos de manha...resolvi dar as caras, elogiar, e dizer que sou fa e viciada na sua vida perra!

pois eh, tem gente que le o jornal de domingo, e mais tudo que vem dentro: as 245 revistas, extra encartes, posters e mapas... jornal de domingo eh a mesma coisa em qualquer lugar do mundo! bom, EU LEIO SEUS POSTS!

domingo eh dia de matar saudades do brasil, de falar no skype, de mandar email e me sentir um pouco mais em casa quando leio os seus post da semana.

e eh ainda mais divertido e especial porque eh (ou melhor, ERA)totalemente voyeur! ate entao voce nem sabia que eu lia seu blog! tem aquela sensacao de observar meio escondido a vida das pessoas que moram no predio oposto ao seu...

leocito querido,
(vai ficar dificil te chamar de gaston depois de sempre ter te chamado de leocito - meu cerebro loiro nao ajuda muito quando as mudancas de nome sao assim tao bruscas... pelo menos vc manteve lo sotaque espanhol!)
espero que a sua vida continue cada vez mais perra, assim vc nao para de escrever.

Beijo

note: indica a Jo pra quebrar uns copos do Julis que agora ele tambem ta de ape novo!!

8:42 AM

 
Blogger Gastón said...

Mááááááááá, vc aqui!!!!! Por favor, controle-se e me chame de Gastón ;0)

Adorei saber que vc me lê e que isso te faz mais contente e mais perto do Brasil. Vê se comenta sempre. Muitoas saudades,

Gastoncito (uma mistura dos dois :0)

4:48 PM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter