domingo, abril 08, 2007

Já vai tarde.

E a páscoa se foi. Sobrevivi com integridade. No final das contas não ganhei ovo dos meus pais. Valeu a ligação no SAC. Minha mãe estava planejando um ataque com aqueles recheados de mousse e sei lá mais o que.


Cara, minha irmã ganhou um de pão de mel. Quase pornográfico. Daqueles que quando você abre e empesteia a casa inteira. Quase me afoguei só de pensar.

Foi difícil sair ileso porque as tentações vieram de todos os lados.

Ganhei um ovo da agência. Caprichadíssimo, crocante e da Amor aos Pedaços. Regime afeta o cérebro mesmo, imagina que eu ia recusar um negócio desses? Segui os conselhos de alguns amigos:

- Gasta, repassa antes que seja tarde.

Dei o ovo pra quem? Heim, heim, heim? Pra digníssima senhora minha mãe (e Gastón vira o jogo de forma espetacular no minuto final). Eliminei os riscos e ainda ganhei lugar no céu. Eu sei, eu sou mesmo um filho maravilhoso. Aprendi essas coisas com meu chefe que sempre que ganha alguma coisa na agência chega em casa fazendo surpresa pra mulher. Época de festival então... a gente recebe flores, champagne, vinho... a moral com a patroa vai lá em cima.

Foco na bacalhoada de Domingo. Minha família é tão religiosa que faz o bacalhau no domingo e não na sexta-feira da paixão. Tive que maneirar. Sem hábitos neandertais de sobrevivência. Tipo, o bacalhau não está em extinção e eu vou poder comer outras vezes.

Meus cunhados já estavam mais preocupados com o meio ambiente. Sabe como é, muitas notícias sobre aquecimento global... uns três pratos tá bom.

- Gasta, pega aquela azeitoninha que caiu ali pra mim? Isso meu querido, valeu.

Nem tudo foi tão salgado nessa páscoa. Afinal de contas eu fui salvo por uma amiga.

- Então Gastonildo, eu sei do seu regime mas, supondo que eu queira te dar um ovo de páscoa...


Implorei encarecidamente que fosse algo entre codorna e galinha. Não, não o bicho, o ovo do bicho.

Eu tenho um certo trauma desse tipo de situação. Tudo culpa de uma ex-namorada que se empolgava nessas datas. Ela vinha rolando o meu ovo de páscoa pela rua. Sabe Indiana Jones? Se tivesse brinquedinho dentro do ovo cabia uma gangorra lá dentro.

Mas minha amiga cumpriu a promessa e me deu um do tamanho galináceo. Roubou um pouco no jogo, claro, mulheres sempre fazem isso. Ela me deu dois ovinhos.

Comi um. Espetacular. O primeiro chocolate em meses. E percebi que realmente esse treco tem uma influência meio nefasta sobre a minha pessoa. Chocolate é a minha Kriptonita. O único elemento capaz de aniquilar uma dieta. É sério isso. Eu não sou chocólatra. Ouvi dizer que é considerado dentro dessa categoria aquele indivíduo que consome em média 250 gramas de chocolate por dia. Isso pra mim não é chocólatra não, é gordo sem vergonha mesmo.

Chocolate é a única coisa capaz de me fazer perder as estribeiras. Preciso ter cuidado.

O outro ovinho que minha amiga me deu eu escondi de mim mesmo. Vou deixar para um momento especial de comemoração. E pra quando eu tiver tempo pra ficar umas 4 horas na academia depois de comer.


Aliás, malhar na páscoa? Vixe, nem o Judas eu malhei.

Mas o fato é que passou.


Olha lá heim, já odeio coisa fofinha, se passar coelhinho na minha frente eu tô chutando.

21 Comments:

Blogger MH said...

Bacalhau não é um animal em extinção, adorei!!! Porque comi rosbife como se fosse a última vaquinha no deserto.
Mas só ganhei 1 ovo. Como disse, meus pais não acreditam em páscoa, coelho, essas coisas. Ganhei uns coelhinhos da minha avó, mas tenho auto-controle pra fazer eles durarem. Acho. Melhor dividir com alguém...

We survived the Easter Bunny, beibe!

10:46 PM

 
Blogger anna O. said...

graças a muita análise, dispenso esses rituais perniciosos de comilança.
e chocolate/doce não é comigo mesmo.
já o balhau, a coxinha e o pão de queijo... (desespero)

10:49 PM

 
Blogger Smeller said...

Leo,
eu ganhei uma colomba pascoal da Cristallo. Nunca fui tão generosa para com as pessoas. Rsrs
beijos, Pol

7:56 AM

 
Blogger Smeller said...

Leo,
eu ganhei uma colomba pascoal da Cristallo. Nunca fui tão generosa para com as pessoas. Rsrs
beijos, Pol

7:56 AM

 
Blogger Sofia said...

Se depender de mim, o bacalhau entra em extinção mais rápido ainda. Além de chocólara sou "bacalhódroma". Nada como a Páscoa ...
Abraços,

8:28 AM

 
Anonymous Claudia Aleixo said...

Vamos procurar o Ovinho???rsrsrsrs...Parabéns, vc é bem disciplinado, em?! Se continuar assim, acho que um dia...quando te encontrar de novo, nem vou reconhecer...rs...Continue firme, leo. Ah!!! E deixa o ovinho escondido, pq é tradição procurar o ovo na páscoa...hahaha. Agora deixa eu ir lá na Ana. Beijos e boa semana!!!

9:41 AM

 
Anonymous Aninha said...

Sniff sniff sniff... Meu cérebro registrou sei lá pq: em ferido pode comer qq coisa que não engorda! hehehe
Na verdade, foi minha cara de pau mm... que até agora está tentando se covencer!
Parabéns pra vc, puxões de orelha pra mim... rs

9:56 AM

 
Anonymous Rodolfo said...

- Rods, eu não acredito nessa teoria que você fala sobre vício de chocolate.
- Não? Você toma Nescau?
- Tomo.
- Quantas vezes por semana?
- Todo dia de manhã...
- Ok.

COMPROVADO:
Segundo o Insituto Rods de pesquisa, grande parte da população brasileira que tem seus 30 anos pra baixo faz parte da geração EQDG - Energia Que Dá Gosto. E deixa eu ir lá tomar o meu.

10:04 AM

 
Blogger MH said...

Super Nescau, energia que dá gosto!!

vontade de comer chocolate. Não comi minha cota, nem de longe. E por que é que chocolate engorda, e rúcula não? (Plágio de crônica do André Laurentino)

10:08 AM

 
Blogger Gastón said...

Beibe, a duras penas a gente sobreviveu. Ainda bem qua sua família ignora essas coisas... sorte sua.

Anna, eu tb dispenso esses rituais, quem não dispensa é todo o resto da minha família que parece que vai acabar o mundo amanhã. Bom, com ou sem regime eu vou seguir seu conselho e comer o tal do bolinho de bacalhau do Bracarense. Será o momento Anna no Rio de Janeiro.

Pol, Leo o seu nariz. Meu nome é Gastón ;0)

Clau, disciplinado é pouco, eu sou xiita (e Leo é o seu nariz tb).

Aninha, no comments for you. Humpf.

Rods, de quem foi essa pérola mesmo? Meio tapa na pantera né? "Eu tomo nescau todo dia e nunca fiquei viciado".

Beibe, você de novo :)

10:22 AM

 
Blogger Andorinha... said...

Então...
Também não comi minha cota este ano. E 'repassar' foi a melhor tática.
Ganhei, repassei. E detalhe, não podia demorar muito pra repassar, senão o cérebro começava a me boicotar...e a vontade de comer 'só um bombonzinho não vai fazer mal' vinha como um ovão de Indiana Jones na minha mente.
Ufa. Consegui. Só por hoje.
Parabéns !!
bj.

10:22 AM

 
Blogger mc said...

Olha, eu teoricamente mereceria uns puxões de orelha também, pq ajudei minha irmã a comer a última vaca do deserto, mas devido às circusntâncias eu estou tentando me martirizar menos. MENAS.

Aí ontem voltei pra casa e jantei sopa de saquinho...

tupishhhhhhhhhh

11:39 AM

 
Anonymous Re said...

Como eu sabia que não ia adiantar falar que não queria ganhar ovo de páscoa... ganhei vários.... e "esqueci" na casa da minha mãe... assim na hora que poderia me dar vontade de comer, vai bater a preguiça de pegar o carro e ir até lá.... estou me sentindo a gênia do regime... hahahah bjs e feliz páscoa!

12:00 PM

 
Blogger Ana Téjo said...

Caniço,

Aguenta ese Gastón de regime! O cara já está praticamente um etíope, dá vexame o dia inteiro porque as calças vivem caindo e não se desiste.
Estou orgulhosa de você, viu?
Agora... "chocólatra é aquele indivíduo que consome em média 250 gramas de chocolate por dia""??? Uma barra e meia, das grandes? Isso não é chocólatra, meu caro, é uma draga humana. Aff!

1:55 PM

 
Blogger Cláudia said...

Como a Isabela não gosta de chocolate, os avós, tios etc, dão presentes pra ela na Páscoa, ou a grana que gastariam no ovo.
Com isso, eu me livro de ter vários ovos em casa pra enfiar o pé na jaca.
Só que ela ganhou no colégio um ovo Diamante Negro, e paro aqui este coment para não envergonhar a classe.

3:00 PM

 
Blogger Keep walking said...

entao, na minha casa, já é uma tradição trocarmos presentes ao inves de chocolate. Tipo, com a chegada do inverno, normalmente ganho botas. Esse ano ainda nao rolou nada. O coelho especial deve estar tendo problemas com o apagao aéreo.

Nao megulhei na jaca, mas devo confessar que meu pezinho entrou pela metade. Mas força na peruca que hj é segunda feira.

3:31 PM

 
Anonymous nana said...

Haha! Lembrei da minha vó, que comeu carne moída na sexta. Só depois que eu lembrei: - Ih, vó, não é hoje que não pode comer carne? E ela: - Sei lá, era hoje ou é domingo? ah, besteira isso! Morri de rir com a velhinha, beeem religiosa, que nem a sua família.
Minha família não dá ovos de páscoa, então desde que eu entrei num longo e tenebroso inverno sem namorado que não ganho um ovo de páscoa. Nem unzinho! Bom, pelo menos mantenho a forma sem precisar fazer doações de ovos (o que eu não faria jamais dans la vie).
Quanto ao bolinho de bacalhau do Bracarense, recomendo muito que você o troque pelo bolinho de aipim com camarão. É uma coisa! O perigo é você não conseguir comer um só. Eu nunca consigo.
Beijo

4:52 PM

 
Blogger Gastón said...

Vivi, passa logo, que nem bola de Rugbi. É, esse é o esquema pra não cair em tentação.

Rânei, vc tá me saindo viu... agora que passou a batedeira vamos botar peroba nessa cara?

Rê, esquecer na casa da mãe é cruel. Se bem que se eu esquecesse lá ela não ia ficar triste não.

Clau, como assim a Bela não gosta de chocolate? Ela tem super-poderes?

Keep Walkin, se alguém me der botas de páscoa pode ser que eu coma botas.

Nana, não me fala que vou ter que comer 2 bolinhos? Meu regime corre riscos no Rio de Janeiro...

5:39 PM

 
Blogger Cláudia said...

Gastón, a nêga só come kinder ovo, uma vez na vida outra na morte.
E brigadeiro feito no microondas, se for de festa, com granulado, ela não come.
Penso que foi trocada na maternidade.
beijo

7:28 PM

 
Blogger Cláudia said...

Ea herege da minha prima que mora aqui em casa acaba de chegar com um ovo de 800g, recheado de bombons de cereja ao licor.
Isso pq mede 1,70 e se chegar aos 50 quilos, tá no lucro.
Expulso agora mesmo, só com a roupa do corpo?

10:14 PM

 
Anonymous nana said...

Pô, você já emagreceu tanto (pelo qu eu li)... não vão ser dois bolinhos do Braca que vão ameaçar o seu regime! Isso se você conseguir parar no segundo, né? Eu, quando vou lá, como uns cinco. Outra dica: a empadinha de camarão de lá também é ótima e tem um salgadinho que parece uma empada, mas se chama Maravilha de Camarão, que só tem lá. Dizem que a receita é segredo guardado a sete chaves pela cozinheira. Imperdível! Deu pra notar que eu adoro camarão?

4:34 PM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter