quarta-feira, abril 04, 2007

Carta aberta

Para fazer alguém rir, primeiro é necessário rir de si mesmo. Agora, se você ri de si mesmo mas percebe que ninguém ri de você então você é bobo. Você riu do final dessa última frase? Putz, então eu sou bobo...

Quando escrevo, eu rio. Me divirto sozinho com a quantidade de baboseira que eu invento. Sei aonde provavelmente você vai rir. Sei porque antes de você ler, eu ri enquanto escrevia. Se eu não me divirto, qual é a graça? Nem todo mundo se diverte com as mesmas coisas. Mas tem certos trechos que são cascas de banana que deixo no caminho pra todo mundo escorregar.

É bom. É muito bom saber que as pessoas se alegram aqui. As vezes mais, as vezes menos. Tem texto que é ruim que dói, tem texto que dói a barriga de tão engraçado. As vezes tem texto que nem é pra rir mesmo. Mas é legal perceber que visitar esse blog muitas vezes é um momento bom no dia de alguém.

Nem todo dia eu posto. Nem todo dia eu consigo escrever. O problema é que eu sou um dos amigos mais disponíveis desse mundo. Ontem, por exemplo, passei o dia inteiro pensando "hoje eu vou malhar, hoje eu vou malhar, hoje eu vou malhar..."

- Gasta, vamos no japa hoje? A Ana vai encontrar a gente lá depois das 8.
- Vâmo.

Assim, sem pestanejar. Facinho, facinho. Sem nem fazer um drama. E lá pelas tantas do jantar eu solto "Acho que não vou postar. Não vou chegar as 23:30 e sentar a bunda pra escrever. Vou dormir que horas, 1 da manhã"? Quase tomei um temaki no olho. Cá estou eu. Não resisti.

Quando tem post, eu acordo pensando que vou abrir meus e-mails e já vou ler dois ou três comentários.

Sei que provavelmente a minha ansiosa amiga MH será a primeira da lista. A Aninha muitas vezes é a segunda. A MC eu aviso por e-mail. A Ana Tejo, quase tenho que montar guarda na mesa dela pra obrigar a comentar.

Tem gente que comenta sempre. Tem gente que vai acumulando, acumulando e comenta dez textos de uma tacada só. Tem quem deixe algo as vezes, quando tá inspirado. Tem quem me lê religiosamente mas nunca abriu a boca.

Claro que isso me estimula a escrever. São diversos os motivos. Algumas pessoas fazem a gente querer escrever porque o comentário delas é o único ponto de contato existente entre nós. Sabe que tenho gostado disso...

Escrever faz parte da minha vida. Vocês também fazem.

34 Comments:

Blogger MH said...

ansiosa amiga MH de volta ao posto!!!
Que bom que vc resolveu escrever... passar aqui sem encontrar novidade dá até uma tristezinha... E quando não rolo de rir, pelo menos dou um sorriso, vá. Se bem que qdo vc quer tirar o fôlego tbem consegue. rsrs

Meu dia não é o mesmo sem o circuito-blogs, repetido sempre que preciso de uma pausa.
Hoje, só volto à noite, e vou adorar ler os comments todos que virão depois de mim!

beijo!

7:33 AM

 
Blogger Smeller said...

haháaaa! e a tua amiga Joana, não menos ansiosa que a tua amiga MH é a segunda a comentar!!!! Hahá!!!!
Vc faz rir em blog, em MSN e pessoalmente. Poder. :-)
beijos! Jô/Pol

8:22 AM

 
Blogger mc said...

ha-ha eu sou VIP!
mas na verdade vc não precisa me avisar por e-mail tooooda vez, não sou tão desnaturada assim. Hoje, por exemplo, entrei sozinha!

8:45 AM

 
Blogger Ana Téjo said...

Ah, imagina... é um prazer fazer parte da sua vida!
Agora, até parece que "você quase tem que montar guarda na minha mesa pra obrigar a comentar". Que injustiça, menino!
Façamos assim: você arquiva seus comentários? Deve arquivar, né? Então vá no seu arquivo e veja a minha média histórica. Aí, se chegar à conclusão de que foi injustíssimo, você volta aqui e publica uma "Carta Aberta de Retratação". Que tal?
Beijos e continue escrevendo que a gente adora!

10:03 AM

 
Blogger Anna O. said...

que bom que vc tb se diverte - because I surely do. Gargalhadas magníficas. Aliás, não sou a única, pelo contrário...
parabéns ;-)

10:23 AM

 
Anonymous Rodolfo said...

Gastones é sujeito foda e, assim como eu e essa frase, nem um pouco politicamente correto. Só que as afinidades não páram por aí. Ele é o tipo de homem moderno, resultado de testosterona com sensibilidade dentro de uma coqueteleira. Sacode, sacode, faz um daqueles malabarismos dignos de barman, despeja tudo aqui e taca fogo. Resta pra gente a difícil tarefa de virar todas essas palavras de uma só vez, lendo sem ter vontade de parar. Vamo que vamo, Gasta. Lembre-se que o próximo livro é seu e enche o meu copo aqui, cacete.

10:37 AM

 
Blogger Daniela said...

Este blog deixa os meus dias mais felizes! Que vc continue postando sempre!
Beijão!

10:46 AM

 
Anonymous Fernanda Salgado said...

Tão bom quanto ler o post é ler os comentários. É diversão em dobro!!!

Nem sempre comento, mas venho aqui todo dia.

E quando não tem post novo rola um biquinho de tristeza. Ah, rola.

Beijos

10:54 AM

 
Anonymous Aninha said...

Ai que bom saber que nossa solicitação te inspirou!!! :)
E sabe pq não fui a segunda a comentar?
Pq hj cedo eu ia olhar e lembrei de vc dizendo que não ia postar, que tava tarde...
SUPER BELA SURPRESA!
Que bom que o temaki no olho serviu pra alguma coisa!
Era mico demais no meio do restaurante a troco de nada... hehehe
Bjinhos querido e um ótimo dia pra vc!

11:06 AM

 
Anonymous Claudia Aleixo said...

Depois que conheci o seu blog (e nunca fui de entrar em blogs...tô falando sério!) não tem um dia que deixo de ler...Agente conhece umas figuras no caminho que acabam nos levando para novas experiências (e que experiências)...Eu adoro isso!!(Espero ter levado alguém para um mundo novo tb...rsrsrs...) Gostei de vc no momento em que comecei a ler o que escrevia, gostei mais ainda quando te conheci (isso é destino???). A coisa chata é que moro muito longe, e não sei pq me apego demais as pessoas boas..aiaiai...acordei hoje daquele jeito, sabe?!rs..Não para nunca!!! E traz de volta quem parou...É maravilhoso o bem que, quem escreve como vcs fazem. Tem dias que não tem sol, que estão nublados, tristes, e ler o que vc escreve, o que a Ana escreve, o que o Rodolfo escreve (meu preferido, ta?!rsrsrs) faz agente ver uma pontinha do sol no meio de tantas nuvens (isso quando agente não vê ele todo...rs). Beijos enormes, gigantescossssssssssss!!!! :o))

11:16 AM

 
Blogger Gastón said...

beibe, isso mesmo, reinvindique o posto qu é seu rsrsrsrs. As vezes eu posto e 1 minuto depois vc já comenta. Impressionante...

Jô, juntar a gente, seja onde for, é abrir as portas do circo. Como a gente fala merda e ri.

Rânei, vc é muito Vip. E você é tão louca e conectada comigo que eu tinha escrito que vc era VIP e apaguei do Post. Blue tooth.

Ana, na minha encaranação francesa vc era bem assídua. Hoje em dia... só comenta quando eu amarro sua mão no mouse.

Anna, mesmo sem nunca ter te visto, não consegui deixar de imaginar suas gargalhadas.

Rods tô começando o Livro Brother, tô començando...ó não sei quando termino :0)

Daniela, pode deixar que, enquanto houver inspiração, haverá texto nesse blog.

Fernandinha, adoro saber que você anda por aqui sempre. É fato que a gente também dá muita risada quando toma um chopp por aí. Vc, o Electo e o Rods são grandes amigos e pessoas muito queridas.

Magrelinha, meu temaki era com tabasco. Quase fiquei cego.

Clau, bem sei que prefere o Rodolfo rsrsrs. Obrigado por estar sempre aqui e divulgar o Vida Perra aí pros capixabas :0) Beijão enorme.

11:23 AM

 
Blogger Andorinha... said...

Vim aqui pela Ana Téjo, na encarnação anterior dela, e nunca mais saí.
Ler o seu blog está na minha rotina diária aqui pq me divirto muito. Com o blog, com seu grande e mega bom humor e com os comentários dos 'amigos virtuais' também. sem dúvida!
Beijos,

11:25 AM

 
Blogger Bia =) said...

"Tem quem me lê religiosamente mas nunca abriu a boca."

Prazer :)

11:28 AM

 
Anonymous Re said...

Gastón, estou orgulhosa do seu blog, mesmo após um japones, vc senta e escreve? E eu que só ando com tempo de comentar nos blogs... escrever no meu nem pensar.... bjs

12:09 PM

 
Anonymous Aninha said...

Sorry pelo tabasco! :(
E tks pelo "magrelinha"! :)

1:06 PM

 
Anonymous e. said...

Me ausento muito... mas sempre chego. Entro. Sento. Paro um pouco. Leio. E percebo q nunca estarei sozinha. Pra mim, o que você faz aqui, é um belo tratado de reciprocidade. E isto não é instrução. É história. É poesia... E embora você saiba que eu não gosto muito dessa palavra, eu simplesmente adoro você. Beijo, e.

3:23 PM

 
Blogger Gastón said...

Vivi, a sua presença aqui é mais uma das dívidas que tenho com Ana. Que bom que gosta e vem sempre. Afinal de contas, quem vem pela Ana vem com alto nível de exigência.

Bia, bem vinda aos comentários. Saiu da toca é? Venha sempre.

Re, to com saudade das suas histórias. Escreve vai?

Aninha, golpe baixo ;0)

e., vc vem sempre me arrebatando. Suas visitas são muito desejadas, pena que são tão raras. Também né, me aguenta todo dia te enchendo o saco no trabalho... ;0)

3:30 PM

 
Blogger mc said...

Eu to achando que vc só escreveu esse post pra ganhar confetes!!!!!

4:09 PM

 
Blogger Sofia said...

Lendo esse blog, os meus dias sempre começam (ou terminam) bem !!
Aliás, estou sentindo falta dos posts "requentados" ...
Abraços,

8:05 PM

 
Blogger Garota do Zippo said...

Ops, mais um comment que vai chegar no seu e-mail.
O vigésimo =D.
Parabéns pelo blog

9:13 PM

 
Anonymous Ju* said...

Faço minhas, as palavras da Bia =)
Sempre bom te ler!

11:06 PM

 
Anonymous Anônimo said...

Aê Gastón! Adorei o meta-post ;)

E é tudo verdade: quando leio o seu blog rio sozinha (assim, de arreganhar os dentes, fazer barulho e deixar as cachorras meio desconfiadas) e sempre me pergunto - catso, como ele teve essa idéia??? Fico chocada (e levemente invejosa) com a inteligência do seu humor.

Apesar de vc não ter me nomeado, me senti legítima destinatária desse trecho aqui, ó: "Tem gente que vai acumulando, acumulando e comenta dez textos de uma tacada só."

Eu às vezes só consigo ler o blog no fim de semana... o que é ótimo, porque acumula posts e me garante bons minutos de diversão!

Continue escrevendo!

Beijão,

Cris.

P.S.: não sei se vc se lembra daquela indicação que eu te dei... crônicas do Paulo Mendes Campos, para ajudar naquela sua outra faceta literária ;)

4:11 AM

 
Blogger Cláudia said...

aqui em csa, eu e Bela somos tuas fãs!

11:09 AM

 
Blogger Keep walking said...

leitura diária obrigatoria, com risada garantida...é um otimo momento no meu dia!

7:05 PM

 
Blogger Mariana said...

Adorei o texto Gasta, muito bom. You got it.

Leitura obrigatória com certeza

1:58 AM

 
Blogger Rubina said...

E pretendo comentar durante muito tempo, porque divirto-me muito lendo o seu blogue Gastón. É um prazer para a malta toda. Um beijão português

7:20 PM

 
Blogger Juliana Mattoni said...

Gastón você é o futuro! E com certeza um alívio na minha rotina.E eu vivo divulgando seu blog pros cariocas.
Eu era das pessoas mudas que não comentam, mas depois dessa carta tive que fazê-lo.
beijos

12:02 PM

 
Blogger Gastón said...

Clau, vc e a Bela são o máximo, isso sim. Minha companheira Piodozense :0)

Keep Walking, fico feliz em saber. Agora que vc está comentando mais então, melhor ainda.

Mariana, seu blog foi uma ótima descoberta pra mim.

Rubina minha amiga D'além mar. Você é minha participação internacional. Isso sim é coisa fina.

Juliana, aliás, vou chamar você de Ju porque depois de dizer que eu sou o futuro e me divulgar aí nessa terra (que aliás eu vou visitar fim de semana que vem), é Ju mesmo. Foi bom esse post, junto com você tirei mais uns 3 da toca :0)

4:55 PM

 
Anonymous M. said...

religiosamente, sim senhor!
e, a partir de agora, de boca aberta!
....é bom te ler, e deve ser bom se saber lido.
M.

10:05 PM

 
Blogger Tati said...

que fofo, amei!!! excelente aula de metalinguagem..... o Vida Perra significa muito pra mim, vc sabe disso. Foi ele que me picou atrás da orelha com a frase "Será que eu tb posso? Será que vou me aventurar a ter um espaço assim pra mim?"
Do Gastón nasceu a Jeca, e a jeca é uma parte deliciosa de quem eu sou!
Vida longa ao Vida Perra!!!!!
beijos

12:18 PM

 
Anonymous nana said...

Eu sou das que se alegram mais com o seu blog! Adoro, deixo pra ler por último (na coleção de blogs que leio sempre), sabe?, igual comer a gema do ovo por último porque é mais gostosa que a clara.´Fiquei até com crise de abstinência um tempo atrás, quando você ficou um tempão sem postar. Quando for lançar o livro, vê se avisa! Sou uma compradora em potencial.
Aproveite sua passagem aqui pela Cidade Maravilhosa (se bem que o tempo deu uma virada desde ontem...)
Beijo

4:37 PM

 
Blogger Gastón said...

M., welcome :0) Quer dizer que vc ficava só na míuda? Hum... já não era sem tempo. Fico feliz.

Tati, ter você aqui tem um significado muito especial. É bom me sentir um pouco mais perto de uma amiga querida de tantos anos. E saber que te dei inspiração pras coisas ótimas que vc escreve, duplo siginificado. Obrigado minha querida.

Nana, me sinto lisongeado. nem brinca que o tempo virou aí? Por falar em ovo, vou botar um na janela pra Sta Clara ;0)

5:34 PM

 
Blogger Luana said...

Cheguei aqui de pára-quedas e agora não saio mais. Amei. Tá de parabéns! :)

4:14 PM

 
Blogger Gastón said...

Luana, que seu pára-quedas tenha enroscado numa árvore aqui do blog ;0) Venha sempre e comente sempre. Muito bem vinda.

7:48 PM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter