segunda-feira, março 26, 2007

O Café.

Não há bebida mais charmosa do que um café. Nem um bom vinho chega a tanto. O vinho perde porque trai os sentidos. O café é mais sincero. Quase austero. O café tem uma atmosfera única. Falar sobre ele, imaginá-lo fumegante numa xícara nos leva a algum lugar. Sempre um bom lugar.

Eu não bebo café. Não tenho afinidade com esse amargor. Infantilmente não tenho esse paladar. O que me encanta é seu cheiro. Já me sacia e satisfaz. Já me transporta.

Bebidas quentes me atrapalham. Se estão fervendo, me queimam o céu da boca. Se estão frias, se tornam intragáveis. Me parece que o café tem um ponto exato para ser tomado. Pois aí reside todo o meu problema: não gosto de saborear nada tão rápido. Rápido só para o urgente e insaciável. Gosto de bebericar enquanto ouço e falo. É hábito. Vício. Quase cigarro. Quase cafeína.

Mas algo com uma aura tão autêntica quanto um café, merecia mais tempo para ser apreciado.

Para entrar a passos curtos num romance, convida-se para um café. Algo tão descompromissado e ao mesmo tempo tão interessante. Breve como um gole quente que queima a garganta. O suficiente para dizer o que já estava tão claro. Sem a informalidade do almoço ou a intenção estampada do jantar. O café pode acabar rápido. Pode não acabar nunca.

Para sair a passos firmes de um romance, convida-se para um café. A brevidade da bebida, o gosto amargo. É o pior dos convites. Ainda que civilizado.

E eu que não bebo café, me engano com outra.

Um brinde aos que se enganam todos os dias. O fazemos todos nós afinal de contas.

19 Comments:

Anonymous Aninha said...

Um brinde!
Simplestente AMEI sua inspiração de hj!
Por aqui senti até um cheirinho de café...

12:31 AM

 
Blogger MH said...

Saiu!! Saiu a homenagem ao café, uma das minhas bebidas (hobbys, programas, vícios, passeios, encontros)preferidas!

E à altura, diga-se. Poético e preciso, beibe.
E viva o café!! Com Lulus, amigos, prospects, casos, mães... Sempre bem acompanhado. Por alguém ou por um livro!

9:37 AM

 
Blogger Ana Téjo said...

Para começar uma relação. Para terminar uma relação.
Post definitivo.

10:09 AM

 
Blogger mc said...

Inspiradérrimo!
Me deu saudades... meu nome é mc e estou sem café há 20 dias.

10:26 AM

 
Blogger Anna O. said...

oi gastón,

descobri teu blog através do comentário que deixastes no blog de minha hermana (7 noites acima) e resolvi dar uma espiadinha. Não tive tempo pra ler tudo, então voltarei mais tarde. Agora, esse texto sobre o café está muito classudo. Parabéns. Se tiveres curiosidade, dá uma olhadinha no meu blog tb (hysteriquices.blogspot.com)
;)

11:33 AM

 
Blogger Tati said...

nossa, tudo de bom este post, hein?....
tim-tim...
beijos

11:34 AM

 
Anonymous Dani said...

O cheiro do café, ahhh, que delícia! Mas o gosto???? Não consigo! Sou como vc rapaz, infantilmente, não tenho o paladar! :)
Beijos!

11:51 AM

 
Blogger Gastón said...

Aninha, cheers :0) que bom que gostou.

Beibe, viu só? demorou né? Eu vinha falando desse post há um tempo...

Ana, e não é? Fins e começos todos os dias a base de café.

Rânei, Sorry, no coffe for you.

Anna O., muitobem vinda. Espero que volte para ler e comentar sempre. Vou lá dar uma espiada no seu com certeza.

Tati, obrigado :0) Tim-Tim

Dani, como pode uma mesma bebida ter um cheiro tão espetacular e um gosto tão amargo?

12:07 PM

 
Blogger Cláudia said...

Adoro cheiro de café passadinho na hora, mesmo não sendo tão fã da bebida também.
Acho o convite pra tomar um café uma coisa deliciosa de se fazer com uma amiga querida.
Vamos tomar um café para mim significa: vamos conversar? vamos nos ver? vamos matar as saudades? vamos rir juntas?
Vai na pizza que eu prometo que faço café no final!
beijo

12:26 PM

 
Blogger Andorinha... said...

Adorei este post, Gastón!
Um cafezinho pra começar e terminar qualquer coisa.

Agora, quem não toma, tem alguma solução?!

Ou a solução está em não ter um início ou fim? Fiquei confusa...
Beijos,

2:21 PM

 
Blogger mc said...

Gente, alguém brinda com café?

2:49 PM

 
Blogger Gastón said...

Rânei, leia de novo o finalzinho?

Disfarça Rânei, disfarça...

2:58 PM

 
Blogger Smeller said...

Leo, até que enfim saiu o post do café ;-)
beijos, Pol

7:20 PM

 
Anonymous Anônimo said...

Buáááááááá!!!!!!!!!
Eu tenho o paladar mais infantil de todos!!! sniiif... não gosto de café, nem de cerveja, nem de vinho... e o pior é que os destilados me fazem ma-all... sniiif!!!
quero a minha bãe.
Beijos,
Cris.

1:04 AM

 
Blogger Rodolfo Barreto said...

Opa, opa, opa!
Desde que eu venho acompanhando essa Vida Perra, esse foi um dos melhores posts. Muito bom mesmo.

"Para entrar a passos curtos num romance, convida-se para um café. Algo tão descompromissado e ao mesmo tempo tão interessante. Breve como um gole quente que queima a garganta. O suficiente para dizer o que já estava tão claro. Sem a informalidade do almoço ou a intenção estampada do jantar. O café pode acabar rápido. Pode não acabar nunca."

Isso aqui em cima foi demais. A mais pura verdade adicionada à cafeína e o meu com açúcar, por favor.

Muito bom mesmo, Gastones.

10:36 AM

 
Blogger Gastón said...

Pol, viu só? Demorou mas saiu :0)

Sério Cris? Putz, nem um vinhozinho branco?

Rods, obrigado meu amigo. Vindo de vc sempre tem valor extra.

12:22 PM

 
Blogger mc said...

hahahaha eu li o post e tive que entrar numa reunião, aí não reli e comentei..... SORRYYYY

1:46 PM

 
Blogger Flavia Melissa said...

Ah, que post mais gostoso de se ler!
Agora já sei que vc aprendeu a tomar café, mas vale a dica mesmo assim: pede pro moço ou moça do café colocar tipo aquela espuminha de leite, sabe?
Quente fica mais gostoso e, conforme vai esfriando, continua bem bom de qq jeito :)

Beijos!!!

6:02 PM

 
Blogger Flavia Melissa said...

By the way:

nada, eu repito, NADA, me faz gostar mais de um homem do que ele me chamar prá tomar um café.

Acho fofo!

6:03 PM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter