terça-feira, fevereiro 20, 2007

Desejar

Tua lembrança me perturba.

Fica longe, fica surda.

Me atinge no estômago.

Me atinge no incômodo.

Teu fim que é da minha vontade.

Me põe de novo insanidade.

Saciedade.

Me põe de novo em calamidade.

Minha boca na tua pele

Tua pele na garganta

Dente na tua carne,

Ainda que um dia isso acabe.

Você me aumenta de tamanho.

Me deixa estranho.

Culpado.

Calado.

Escancara meu desejo da tua pele morena.

Minha pele vermelha.

Vergonha na cara.

Coragem pra quem te encara.

Puta que o pariu, que vontade que eu tô de comer uma coxinha.

15 Comments:

Blogger Luka said...

hahahahahaha
muito boa Leo

10:50 PM

 
Anonymous Renatinha said...

Ha ha ha....
Tudo isso é um delírio de quem está de dieta????
Bjos Renatinha

8:05 AM

 
Blogger Gastón said...

Lu, olha a que ponto eu cheguei...

Re, é foda. Depois de quase dois meses nessa eu tô começando a ver coisas.

8:28 AM

 
Anonymous Aninha said...

hahahahaha
Que bom voltar e dar risadas com vc again!
Ótimo!
Semana que vem é a minha vez... quero nem ver! rs

9:13 AM

 
Anonymous Rodolfo said...

Hahahahaha Sensacional!]
Nem Dom João VI faria melhor.
E bora colocar o bloco na rua!
Aê!

...

Quê? O Carnaval já acabou?
Me passa uma coxinha, por favor.

9:17 AM

 
Blogger MH said...

huummmmmmm

compartilho dos delírios... coxinha da Barcelona e milk shake de chocolate do fifties, duas coisas que nem lembro mais quando foi a última vez que me permiti comer...

saudades...

10:15 AM

 
Blogger Tati said...

faaaala sério, excelente... posso usar este texto com meus alunos, para falar de desfecho??? please???
beijo

11:54 AM

 
Anonymous Adriana Duval said...

qualquer hora me cobra. vou te contar a teoria das coxinhas bailarinas.
beijosdri

1:42 PM

 
Blogger Gastón said...

Rods, ainda não passou o efeito do alcool?


Beibe, perto da sua casa é um lugar deveras perigoso. Barcelona, Fifties... e vai abrir uma Haggen Das né? Vixe...


Tati, pode usar quantos e quais quiser. Só que tem que manter os palavrões :0)


Adri, conta mesmo porque fica difícil imaginar...

2:14 PM

 
Anonymous Anônimo said...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!!!!!ótemooooo!!!
Caia

2:45 PM

 
Blogger Mônica Montone said...

Uma só não tem problema, Gastón!!! É só fazer as substituições certas, kkkkkk

O judiação, rs*

beijos, dear

MM

5:06 PM

 
Anonymous manoelita said...

força, amigo! sei bem (ou melhor, mais ou menos:) como é...

5:24 PM

 
Blogger Gastón said...

Caia, você ri né sua magrela?

Moniquinha, vou ter que trocar café da manhã, almoço e janta pra mandar uma coxinha rsrsrs.

Manoelita (adoro esse seu nome) tô firme e forte. Mas as vezes me dá umas vontades de comer certas coisas... e quando eu sonho que tô comendo? Foda.

10:48 PM

 
Blogger mc said...

hahahha adoreeeeeeei!!! to completamente sem moral, na última semana eu não passei vontade de nada.... toma vergonha na caaaaaaaaraaaaaaa!!!

11:49 AM

 
Blogger Anna O. said...

hahahaha.... realmente, laughing out loud... vc se superou.
Estava lendo, compenetrada, pensando (e fazendo 'cara de conteúdo'): "nossa, poema forte, um quê violento, um tanto direto...interessante"... e de repente, "puta que pariu, etc etc etc" Caí na gargalhada por uns tantos minutos, vc me pegou !!!
esse eu vou ter que indicar, tá irresistível!!!

10:39 AM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter