segunda-feira, fevereiro 26, 2007

A desculpa invisível

Não requentei no fim de semana então, na maior cara de pau, vou requentar um hoje. Caiu o sistema aqui na agência sabe... Muita gente nunca mais ficou impune depois de ler esse post. Sempre que a situação ocorreu, lembraram da estória.

Gastón

Dentre todas as desculpas que já ouvi em toda a minha vida, elegi a mais irrefutável de todas: caiu o sistema.

O sistema é algo tão subjetivo, tão inacessível e misterioso que simplesmente não há o que discutir.

- Como assim moça, caiu o sistema? Quer dizer que meu cartão de crédito não passa, eu tô sem talão de cheques e não posso almoçar?
- Pois é senhor. Olha, o senhor me desculpa mas estamos sem sistema a manhã inteira.

Você não tem o que fazer. Não pode chamar o gerente, o supervisor, argumentar, rodar a baiana, perder a linha, a razão, a calma, nada. Não existe culpado. O culpado é o sistema: esse ser onipresente, onisciente, insípido, incolor e inodoro.

É tão sobrenatural que a gente fala que "O sistema está fora do ar". É etéreo, fluído, carbônico, quase eólico.

Que coisa distante. Imagine que o sistema vem de algum lugar há kilômetros dali, de uma salinha congelante onde um nerd branquelo com esparadrapo no óculos está trancafiado sem dormir há dias, cercado por duzias de cabos azuis, servidores empilhados com luzinhas piscando e uns quatro computadores rodando linux ao mesmo tempo. Ele que não é muito chegado a um contato com seres humanos, tem há 4 centímetros do pescoço um chefe obeso bufando com bafo de McDonald's, apertando o coitado que nem um botão de reboot, gritando tanto que o pobre vai ficar com sinal de modem no ouvido a semana inteira.

Mas, por um outro lado, essa é uma desculpa tão poderosa que seria ótimo se a gente pudesse usar algo assim no dia a dia.

"Desculpa filho, o sistema do Papai caiu e não vai dar pra comprar seu aviãozinho" ou então "Hoje não vai dar Benhê, tô com uma queda de sistema..." ou ainda "Cê não acredita, eu já tava indo pro trabalho e de repente, bem no meio da marginal me caiu o sistema". Mas existem algumas situações em que dá pra usar e realmente funciona. Não se esqueça que o sistema é o melhor amigo do trabalho atrasado. O prazo estourou, a idéia não saiu, o programador tá em cana, a gráfica errou, o finalizador caiu e quebrou o nariz: "Sabe o que é, caiu o sistema aqui do escritório e só voltou agora, cê não pegou meu e-mail? Pois é rapaz, nem isso tava funcionando..." O cliente pode não acreditar mas também não vai discutir.

Tava pensando: se um dia desses der aquele branco e eu não conseguir escrever nada pra postar nesse blog, já sei de quem vai ser a culpa.
Quero só ver quem vai duvidar.

2 Comments:

Blogger MH said...

Nossa, beibe, que chato, caiu o sistema na agência... rsrsrs

eu DETESTO essa desculpa, também favorita de operadoras de celular e certas companhias aéreas!

será que se me der branco na simultânea posso falar no microfone: "será impossível finalizar a tradução, devido a queda de sistema"?

7:30 AM

 
Blogger Mônica Montone said...

Querido, nosso sistema cai direto, a gente é que finge que não vê [insônia, estress, depressão, ansiedade, etc e tal]

beijos e boa semana

Mm

ps: lugares com os sistema fora do ar não me vêem pela segunda vez, me irrita demais, kkkkkkkkkkk

7:04 PM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter