segunda-feira, janeiro 29, 2007

Porcarias da modernidade: o secador de mão.



Inaugurando uma nova série. Depois de ressaltar as mais fantásticas maravilhas da modernidade (ainda passível de alguns capítulos, afinal de contas nem falei sobre meu PlayStation...), resolvi dissertar também sobre aquelas tranqueiras que algumas pessoas inventam sem pensar direito nas conseqüências.

Para inaugurar essa incrível série, nosso primeiro capítulo abordará uma das mais inúteis idéias de jerico já difundidas em banheiros de cinema, bares e restaurantes mundo a fora: o secador de mão.

Aquele treco que você coloca a mão molhada embaixo e sai um bafo quente.

Você sabia que está cientificamente comprovado que o secador de mão só funciona se você estiver de calça jeans? É, poque a mão sempre continua molhada e os resultados só se provam eficazes quando a gente termina de enxugar na calça.

E como demora pra enxugar... tão mais fácil usar duas toalhas de papel. Sim, duas folhas são suficientes. Quem é que respeita esse aviso heim? Todo mundo tenta uma ou duas vezes. Eu já ranco logo umas cinco...

Aí você entrou no banheiro, fez seu xixi, lavou a mão e resolveu jogar uma água na cara. Com o queixo pingando, vai atrás de uma tolha de papel. Vira pra parede e dá de frente com aquele treco cromado com a boca pra baixo.

E aí? Fica numa posição de garça engolindo peixe pra enfiar a caruda embaixo do ventinho?

E não vem me dizer que dá pra usar o papel higiênico não. Aí gruda aquele monte de papelzinho na cara e você tem que lavar o rosto de novo pra sair. Dá pra passar dias dentro do banheiro do cinema fazendo isso, preso nesse ciclo de suja e lava. É, só se alguém te trouxer uma toalha pra acabar com o processo. E sua família vai te procurar primeiro na delegacia, depois no hospital, depois no IML e só por último que alguém vai ter a idéia ridícula de te procurar no banheiro do Cinemark. E até sua mãe ir em casa buscar uma toalha.... meu deus, que perigo que é isso.

O fato é que, quem pensou numa invenção medíocre dessas só não pensou que as mãos não são a única coisa que pode se precisar lavar quando se vai a algum lugar.

O mundo tá cheio de pomba, gente. Olha, tá assim de sorvete que sai derretendo sem mais nem menos. Isso sem falar de graxa na porta. Você nunca encostou naquelas portas cheia de graxa e ficou com uma lista da adidas da canela até o ombro?

Economia mais besta.

Deixa de ser canguinha e abre a mão pelo menos na hora de lavar.

19 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Gastón, e esse papo de que o Shopping Iguatemi colocou um aviso sobre as pias do banheiro informando que é probido escovar os dentes lá? Encontraram um jeito "classudo" de dizer isso, do tipo "favor não realizar sua higiene bucal íntima neste local". Whatever. O fato é que a pia só pode ser usada para lavar as mãos, portanto é só para isso mesmo que pode servir o secador de mãos.
Dá até vontade de escovar os dentes lá depois de chupar uma manga e ver se vai aparecer alguma mocinha engomada e pedir a gentileza de não cuspir dentro da pia...
Beijoca,
Cris.

12:23 AM

 
Anonymous Anônimo said...

Com pasta de dente close-up vermelha, né, Manelson?

7:13 AM

 
Blogger MH said...

Ódio mortal dos secadores de mão!!!

8:54 AM

 
Blogger mc said...

Uma vez ouvi falar que esses secadores tem milhões de bactérias... e sempre prefiro esfregar as mãos no jeans do que me sujeitar às bactérias!

9:02 AM

 
Anonymous Rodolfo said...

Concordo e digo mais: pior que tentar enxugar o rosto é o bafo quente na nuca.

9:17 AM

 
Blogger Gastón said...

Cris, pois se for no Iguatemi eu faço questão de tomar banho na pia. Fazer a barba, cantar o sole mio... Odeio aquele shopping com todas as minhas forças.

Anônimo, Tandy de TuttiFrutti.

Beibe, kill them all!!!

Rânei, é sério isso? Eca.

Rods, bafo quente é foda, mas bafo de pinga pelo messenger é pior heim meu velho.

9:30 AM

 
Blogger Tati said...

100% contigo, detesto..... corro pro papel higienico.... Pior é no Japão, que nem isso tem... Eles sempre andam com uma toalhinha na bolsa, tipo aquelas que ficam ao lado do bidê, por que papel pra secar a mão, nem pensar....
bj

10:57 AM

 
Anonymous Rodolfo said...

Eu também vou fazer isso no Iguatemi e dou força ao movimento Tom Hanks naquele filme... como é mesmo o nome? Ah, Terminal. Isso. Vamos passar a metade da vida lá, tomando banho na pia e passando sachet de Gleid Sany Lavanda embaixo do braço.

11:16 AM

 
Blogger Re said...

Pois é.... achei que a minha mão estivesse com defeito, pois nunca consegui secar com 2 toalhas de papel e muito menos com o secador maldito de mãos... Que alívio em ver que minhas mãos são normais.
bjs

11:39 AM

 
Anonymous Rodolfo said...

Eu já tive uma namorada que suava muito nas mãos. Ela tinha até vergonha de dar apertos de mão e transformar mãos alheias em afluentes.

Seu pai era médico e ela acabou fazendo uma microcirurgia com um amigo dele. Ela me explicou que era um talho microscópico e o sujeito dava um "pá" no nervo e pronto.

Ela saiu do hospital na mesma hora, apertou a mão do médico-encanador sem problema algum e hoje vive tendo que passar hidratante três vezes ao dia.

Qualquer dia desses eu a vejo dando esse depoimento no Páginas da Vida.

1:34 PM

 
Anonymous Márcia Pretti said...

Tô contigo e não abro. Pode até ser esquisito, mas sempre levo folhas de papel toalha e papel higiênico na bolsa. Afinal, nunca sei as condições dos banheiros que entro. E também, quando ainda há a opção das toalhas de papel no banheiro, sempre pego muito mais que duas, pois elas se colam de uma tal forma, que parecem que firmaram um pacto de nunca se separarem. Isso, quando saem da papeleira, pois às vezes, a danada tá tão lotada que não se consegue puxar umazinha. Beijo.

5:11 PM

 
Blogger Ana said...

Rodolfo,
eu fiz essa cirurgia, realmente é uma bênção! :D
Gastón, mais revoltada do que qdo eu lavo as mãos e tenho que secar naquela $#%¨*# de secador, eu fiquei qdo li o negocio do Iguatemi.
Odeio aquele shopping.
Bjs

6:14 PM

 
Blogger Gastón said...

Tati, no japão eles nem escovam os dentes que eu sei.

É isso aí Rods, vamos todos escovar os dentes e fazer a barba no Iguatemi.

É Marcia, levar papel na bolsa é coisa de mulher prevenida. Eu enxugo na calça mesmo...

Ana, você fica responsável por vigiar a porta enquanto a gente faz o protesto do banheiro.

6:28 PM

 
Blogger Tati said...

pode crer... demorei meses pra cahr pasta de dentes no mercado... minha mãe mandava do brasil...

7:02 PM

 
Anonymous Anônimo said...

Gente, fala sério... o mais engraçado é os fabricantes do papel escreverem que duas folhas deixam as mãos "suavemente secas"... eles tão achando que a gente é otário??? Suavemente seca é eufemismo pra úmida!!! Eu sempre pego três com convicção. E ainda ponho uma cara de "quem estiver incomodado que venha tirar satisfação.
(Cris)

10:00 PM

 
Anonymous Anônimo said...

Pra mim pior que o secador é aquela torneita automática de rodoviária.. vc fica passando a mao embaixo pra ver se a água cai mas aquela parada nao funciona e vc fica com cara de otário, as pessoas te olhando e vc nao conseguindo fazer aquela porcaria funcionar.. O-DE-IO!!!!
Caia

9:28 AM

 
Anonymous Anônimo said...

Alguem já ouviu falar em "legislação"... VOCÊ CUMPRE A LEI?
Ministério do Trabalho - Lei Federal
Portaria N° 3214 de 08.06.78 N.R 24 item 24, 1.9
O lavatório coletivo de toda firma, deverá ser provido de material para limpeza, enxugo ou secagem das mãos a ar quente.

11:20 AM

 
Blogger Gastón said...

Anônimo, dá uma lidinha nessa tal de lei de novo. Mais precisamente em "enxugo OU secagem das mãos a ar". Por enxugo entende-se papel toalha ou toalha de pano.

A propósito, em senso de humor, você já ouviu falar?

12:41 PM

 
Anonymous Anônimo said...

Acho que as pessoas deveriam deixar de pensar no individual e levar em consideração o coletivo.
Alguem já parou pra pensar no gasto de materia prima pra produzir tanta folha de papel pros amigos secarem as mãos????

1:28 PM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter