quinta-feira, janeiro 25, 2007

Feliz aniversário

Aqui em Sampa hoje é feriado. Aniversário da minha cidade. Por isso requentei um texto sobre ela.

Gastón


Só depois de me afastar de São Paulo é que percebi a importância de me aproximar dela. As coisas são assim, não são? Se perde e se dá valor. Mas tudo precisa ganhar um olhar externo. Pra perdoar os defeitos, reconhecer as qualidades e compreender as necessidades.

Demorou mas descobri o lugar onde eu moro. Um pouco, pelo menos. Já foi se o tempo em que tudo o que eu podia dizer sobre essa cidade era que o rio fedia, as ruas alagavam, os buracos brotavam, os ladrões se multiplicavam e o trânsito parava. Já xinguei todos os prefeitos de todos os impropérios listados.

Numa cidade construída pra motoristas e não pra transeuntes, viver a experiência fora do carro acaba sendo reveladora. Soa bizarro dizer que se regozija caminhando pela calçada em frente às mesmas casas que, todos os dias, passam borradas pela janela do automóvel.

Mas que não haja culpa nisso tudo. Quem mora aqui sabe que o acessório principal de um carro é o conforto de não ter que enfrentar a cidade tão crua. O carro filtra, encurta e rasga a cidade.

E aqui estou eu: flaneur deslocado no tempo e no espaço, buscando no dia a dia do meu heroísmo urbano, enfrentar um monstro chamado São Paulo. Tentando retratar em palavras o cotidiano daqueles que certamente estão preparados para qualquer canto do mundo.

E qualquer canto de São Paulo é mundo.

Um mundo de gente, de barulho, de carro, de fumaça, de beleza, de feiura, de tristeza de pintura.

A gente se habitua a cada coisa nesse lugar... Imagine só você que um dia desses descobri a paisagem do alto de um edifício no centro. E o bonito da paisagem era ver uma metrópole gigante, cinza, cubista, salpicada de luz que se arrasta engolindo tudo que é natureza até o morro mais distante.

E quando se tem um breve encontro com esse mar de concreto é que se percebe que de Sampa a gente não conhece nada.

15 Comments:

Blogger mc said...

ha-ha-ha hoje é feriado e eu sou a única pessoa aqui. São 11 horas da manhã e ninguém comentou ainda.

O que me conforta é que eu tenho um feriado em agosto que nenhum de vocês traíras que foram viajar e me abandonaram aqui sozinha poderão usufruir!!!

10:01 AM

 
Blogger mc said...

ah, by the way, adorei o texto viu, flaneur? Lindão.

10:02 AM

 
Anonymous Anônimo said...

Você que curte Mercadão, hoje, durante o dia tá rolando um monte de coisas lá no Mercadão. Música + performances/"happenings" + comilança. Combo completo :-) Duro é que com esse dia lindo, aquilo lá fica parecendo uma rave!
Beijão, Poltergeits, ou Pol ;-)

10:06 AM

 
Blogger Gastón said...

Rânei, you are not alone. Eu estou em São Paulo fazendo justiça ao título de cidade do trabalho. Obrigado pelo elogio :0)

Pol, quem me dera eu pudesse sair da agência e ir no mercadão hoje... working like a dog baby...

10:19 AM

 
Anonymous Rodolfo said...

Trato São Paulo como um irmão menor: vivo sacaneando, mas tenho um carinho muito grande. Tenho uma lista enorme de nicks para msn que sacaneiam a cidade e costumo colocar só para arrancar risadas de quem não mora aqui e protesto de quem defende o território com unhas, dentes e prédios.

Sou muito grato a todos que moram aqui. Um pessoal que sempre me recebeu muito bem em qualquer roda que eu apareço, mesmo que demore pra chegar por conta do congestionamento na Marginal. É exatamente nessas horas que os papéis se invertem e eu passo a me sentir o irmão menor.

Parabéns, Sampa.

Abraços do seu irmão Carioca,
Rodolfo.

10:27 AM

 
Blogger Cláudia said...

Não nasci aqui, mas já moro há muitos anos e não desejo morar em outro lugar pelo menos pelos próximos 30 anos!

10:39 AM

 
Blogger Gastón said...

Rods, o Rio é lindo, mas sampa é do caralho. Que bom que vc adotou essa cidade pra viver brou.

Clau, mais trinta anos. E vizinhos tá?

5:16 PM

 
Blogger Ana said...

Como diz meu irmão, todo paulistano deveria morar longe de São Paulo uma vez na vida, para aprender a dar valor.
Beijos

9:40 AM

 
Blogger Gastón said...

Ana, isso é um grande verdade. Se possível, fora do Brasil. A gente aprende um bocado sobre essa cidade saindo dela.

4:09 PM

 
Blogger Michel said...

Filosofô hein meu caro. Parabéns.

6:05 PM

 
Anonymous Márcia Pretti said...

Oi, gastón! Pra variar, adorei este seu post. Aqui em Vitória, comemoramos o dia de N. Sra. da Penha, com a Festa da Penha, realizada neste ano no período de 16 a 24 de Abril, como o Tema: Alegra-te, o Senhor está contigo. É feriado em Vitória e Vila Velha, onde fica o convento. Aproveito pra te desejar um excelente fim de semana. E concordo plenamente com seus posts sobre gordinhos em academias. Eu sou uma fofuchinha. Não muitas arrobas acima do peso, mas sou fofucha! E estou voltando à academia, principlamente porque as alunas me adoram e querem voltar a ter aulas de dança comigo. Ufa! Vou malhar muuuuiiiiittooooo e conseguir! Beijos!

3:03 PM

 
Anonymous Márcia Pretti said...

Só uma observação: não sou católica praticante. Fui batizada na igreja católica, apenas. Ainda busco minha religião. Gosto muito do Budismo, mas ainda não me aprofundei. Acho que tenho que ser verdadeira com as pessoas. "Dobrar os joelhos é fácil. Difícil é dobrar o coração". Acho que é por aí. Beijo grande, querido!

3:30 PM

 
Blogger Gastón said...

É grande Michel, essa cidade bota a nossa cachola pra funcionar. POr bem ou por mal.

Oi Márcia. Legal saber essas coisas daí de Vitória. Eu tb não sou católico, mas me interesso muito por arte religiosa. Adoro saber dessas festas e tradições populares brasileiras. Força na academia heim? Eu já perdi uns bons quilos :0)

8:05 PM

 
Blogger Tati said...

gasta, nem preciso dizer o quanto valorizo sampa, especialmente morando aqui, há uma hora de distância....
beijos

5:39 PM

 
Blogger MH said...

Ai Beibe, que poético... amei! Sou apaixonada por SP, não consegui viver longe muito tempo... adoro caminhar e redescobrir as ruas que só conhecia da janela do carro, adoro os prédios, os tesouros arquitetônicos escondidos (e os desastres arquitetônicos óbvios), tudo tudo tudo...

8:44 AM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter