domingo, abril 27, 2008

Coisas de Marte

Eu me divirto com as pérolas que vêm de algumas das minhas amigas. Dia desses ouvi várias, de uma tacada só.


"Eu descobri que tinha que calibrar o pneu do carro depois de uns anos. Não sabia porque, com o tempo, minha direção tava ficando tão dura pra manobrar."

Ela nunca olhou pro pneu do carro e viu que ele tava meio diferente. Acho estranho essas coisas. Visão seletiva? É, porque pelo que me consta mulher repara em tudo. Garanto que no pneuzinho das amigas ela repara há quilômetros. Se aparece uma fulana com um fio fora do lugar as mulheres sabem. Se a ciclana cortou meio centímetro de cabelo elas percebem. Se a beltrana repetiu uma roupa de doze anos atrás elas comentam com dia, local e hora. Mas no pobre pneu do carro que elas dirigem todo dia, não percebem diferença nem se aquilo parecer um pãozinho amanhecido.


"Eu não sabia que gillete era descartável. Meu namorado uma vez reclamou que precisava comprar umas novas e eu disse: mas faz só duas semanas que você comprou essa."

Pois é né. E essa minha amiga não sabia porque a perna dela tava quase em carne-viva. Quase tomou uma anti-tetânica. Aquela gillete de seis anos no armário e ela felizona se escalpelando.


"Lá em casa tá tudo meio precário ainda. Tem minha cama, meu microondas e minha TV. Mas a TV eu não consegui instalar. Não funcionou. Liguei na tomada e não pegou nenhum canal. Ai meu namorado perguntou: mas você botou uma antena? Chamou a Net? Não. Ah, sei lá, achei que era que nem liquidificador, que a gente liga na tomada e pronto."

Eu espero que ela não coloque um mamão lá dentro pra ver se sai uma vitamina. Juro.

É meninas, vocês precisam da gente.

30 Comments:

Blogger Anônima said...

Haaaaaahahaha... gozadííííssimo!!!!
Eu confesso que gostei do texto. Gostei tanto que dia desses ainda organizo uma rebelião de blogueiras e cada uma vai postar um texto sobre as pérolas masculinas. Garanto que também será hilário. =)
Beijos

12:54 AM

 
Anonymous Amanda said...

Uma amiga minha uma vez parou no posto de gasolina e viu uma luz vermelha acesa no painel, entao resolveu chamar o frentista:
- Moco, o que e essa luizinha acesa aqui, oh?!
- E a luz do freio de mao puxado!

Hahahahahaha

7:06 AM

 
Blogger Virgínia said...

Ahhhh Gastón, fala sério! Que amigas você tem? Devem ser da idade da sua avó. Aqui em casa quem faz tudo sou eu. Só não uso a furadeira porque o marido é mais alto. Não dá para ficar esperando homem fazer as coisas pela gente, não! Igual ao meu pai era hoje são poucos... ;)

9:54 AM

 
Blogger Anninha said...

Nós reparamos em tudo mesmo, em tudo que nos interessa. E podemos até precisar de vocês, mas eu acho que vocês precisam mais da gente.

10:21 AM

 
Anonymous Lunna said...

Desculpe meninas independentes mas eu tenho que confessar que moooro de preguiça de cuidar destes "detalhes sujos do cotidiano". Carro deveria se auto-limpar-abastecer-consertar.
Chego ao ponto de levar o computador ate meu irmão para ele passar anti-virus...
Shame on me !

10:40 AM

 
Blogger Paulo E. Fontana said...

Hahahaha! E eu que já fui requisitado pela patroa para "instalar" a bateria!

1:00 PM

 
Blogger Gastón said...

Ao invés de anônima vc devia ter escolhido piqueteira ;0) beijo dear.

Amanda, hahahahaha genial. Não sou o que se pode chamar de um expert em mecânica, mas isso já é passar dos limites.

Virgínia, eu tenho amigas normais hahaha. E como você pode ver, suas colegas de comment estão todas vestindo a carapuça rsrsrs.

Anninha, sem dúvida. Você precisava me ver pergando um botão...

Lunna, a gente adora isso. Continue assim. Aí a gente se sente útil ;0)


Paulinho, você por aqui meu velho? Comentando? Que beleza, quanta honra. E aí, instalou a bateria?

1:32 PM

 
Anonymous Aninha said...

A gente faz charme pra parecer que precisa mtas vcs! Vcs sabem disso, a gente sabe disso... e td mundo adora!!!
Mas confesso que qd aos carros... meu pai deve ser bem feliz por ainda ver que qt a este quesito eu dependo dele... e dependo MESMO! Nada de charme... hehehe

1:46 PM

 
Blogger fabiana said...

Gente, que amigas são essas? Madames da zona sul?

5:18 PM

 
Blogger Cláudia said...

Bem, pneu do carro eu calibro sempre, troco óleo, mando botar água, tudo direitinho.

Mas devo confessar que me aproveitei da boa vontade de um pobre amigo que veio comer pizza em casa pra pedir pra ele religar a tv, o dvd e a tv a cabo...

E como assim gillete é descartável? A minha fica uns 3 meses fácil no banheiro e funciona direitinho, viu?

beijo

7:13 PM

 
Anonymous Daniel said...

Cara, um dia ao sair de um bar com uma amiga, o pneu do carro dela furou, e eu fui tracar; então disse: Carla, pega o macaco hidraulico pra mim! Ela - o que é isso? Aí eu fui no porta malas e apresentei o instrumento, e sabe o que a mesma disse: "sempre quis saber pra que servia isso". Pode uma coisa dessa? rsrs. Valeu pelo visita ao meu blog, e espero que seja a 1ª de muitas. Um abraço.

http://so-pensando.blogspot.com

1:54 AM

 
Blogger Gastón said...

Aninha, eu tô até vendo vc fazendo charminho pra alguém te ajudar rsrsrs. Cara de pau. saudade.


Fabiana, são amigas divertidíssimas, inteligentíssimas, que não têm vergonha de confessar bobagens (elas se divertem com as próprias histórias) mas que tem seus deslizes como todo mundo ;0)

Clau, você que é Penélope assumida deve abusar meeeeeesmo de homens desprevinidos. Meeeeeesmo ;0)

Daniel, não adianta, men business ;0) E a gente também dá os nossos "vexames" quando os assuntos são delas.

10:00 AM

 
Anonymous tôca said...

Sensacionais estas três frases, ou melhor, pérolas de suas queridas amigas! Sem noção a do carro!

Quanto ao post abaixo do IPOD, o lance da pirataria é o que mais pega. Esses dias deu uma interferência aqui na minha cabeça e peguei uma do exaltasamba. Triste, né?

Abração Gastón! Se cuida, Man!!!

11:35 AM

 
Blogger Celeste Garcia said...

(Desculpe, erros de Português são meu tormento u.ú)

Pra coisas de carro sou um zero à esquerda e pra trecos tecnológicos, idem.
Primeiro, porque eu ainda nem dirijo e segundo, porque tenho prequiça de pegar um 'emanuel' e ler todas aquelas microletrinhas.

É... homens têm certa utilidade, admito.

;}

4:02 PM

 
Anonymous Anônimo said...

Gastonildo,
adorei.
e adoro tua elegância ;-)
quer me dar workshop? rsrs
Ficou melhor agora? :-P
beijos, pol

4:14 PM

 
Blogger FINA FLOR said...

eu quero vocês ao meu lado por ooooutro motivos, rs*.... isso não é coisa de menina não senhor, é coisa de DDA, rsrsrsr*

beijos, dear

MM.

ps: tbm falo de meninos e meninas, hj

12:17 AM

 
Blogger Mulher Solteira said...

Na qualidade de assumidíssima protagonista das duas primeiras vinhetas, desejo esclarecer:

1) As minhas descobertas sobre calibragem de pneus e descartabilidade de giletes ocorreram há mais de uma década, no tempo em que andar de carro e raspar o sovaco ainda eram uma novidade na minha vida.

2) Eu continuo não enxergando absolutamente nenhuma diferença visual entre os pneus do meu carro, exceto quando algum deles está "na chón". E só calibro graças ao sábio ensinamento do meu santo primeiro namorado.

3) Embora seja uma garota oriunda da zona sul, quero dizer que mesmo não sabendo que os pneus de carro precisavam de calibragem fiz uma aula a mais de auto-escola só para o meu instrutor me ensinar a trocar pneu, coisa que já fiz pelo menos quatro vezes na vida sem a ajuda de nenhum macho.

4) É lógico que nós precisamos de vocês!!! Como diria o Montanha: DÃÃÃNS!!!

Beijoca, Gasta! Depois vou querer os royalties, hein? ;)

12:42 AM

 
Blogger Gastón said...

Grande Tôca. Cara, exaltassamba é praticamente pra arrancar a cabeça fora rsrsrsrs.

Celeste, e quem disse que a gente lê manual? A gente gosta é de descobrir coisas rsrsrs. Beijos e bom te ver passando por aqui.

Pol, obrigado dear. Você não precisa de workshop de nada.

Moniquinha, nós também preferimos ser "usados" pra outras coisas ao invés de calibragem de pneus rsrsrs.

Mulher Solteira, hahahaha. Apoteótica participação. Quer dizer que você troca um pneu? Eu acho um absurdo deixar uma mulher trocar um pneu, pode me ligar se o seu furar rsrsrs. Pode deixar que todos o montante arrecadado com esse post será dividido entre você e manelson ;0)

9:40 AM

 
Blogger "a" MH said...

Ai Beibe, ainda que a Mulher se assumiu, e assumiu que os causos dela têm uma década, e a juventude excessiva perdoa tanta insensatez...

Eu sempre calibro o pneu. E sou neurótica, sempre acho que está meio baixo... hehe

Sei trocar, mas me recuso. Pra mim é que nem lâmpada: claro qeu sei trocar, mas se o namorado é mais alto e coordenado, pra que sofrer, pegar a escada, me espichar inteira???

E gilette feminina dura mais, no meu caso, porque uso bem menos. Alterno com depilador elétrico, cera quente e tortura egípcia com linha. Eca eca eca.

Saudades. Acho que me recuso a continuar falando virtualmente com você. Quero visita! humpf

9:53 AM

 
Blogger Lady Hell said...

É fato, a gilete de mulher dura mais.

Essa do pneu é nova pra mim, hehe. Vou memorizar.

Curti as pérolas, muito legais.

Na primeira vez q eu fritei bifes, por exemplo, achei que a carne já vinha salgada do açougue.

Já dizia Einstein, "Há duas coisas que são absolutamente infinitas: o universo e a ignorância humana."

As mulheres precisam dos homens, claro. Eu, por exemplo, não tenho força pra abrir um vidro de pepino.

E, óbvio, precisamos pra "muchas otras cositas más...", hehehe

Beijão Gasta, fazia tempo que não passava pelo teu blog.

5:32 PM

 
Blogger Camila Diniz said...

hahahahahaha adoooreii! E o mais engraçado é que quando falam e até quando falamos, as coisas saem super serias! hauahuahua

estou adicionando aos links

6:57 PM

 
Blogger Mulher Solteira said...

Sim, realmente a gilete feminina dura mais.

Mas o Gastón não exagerou quando disse que os meus sovacos ficavam cheios de bolinha, a gilete cega e meio enferrujada e eu me perguntava: mas será que é assim mesmo???

Realmente, se não fosse pelo meu primeiro namorado, eu provavelmente não teria escapado da anti-tetânica...

Huahuahuah, adorei os bifes salgados!

3:06 AM

 
Anonymous Carol said...

Mais uma que se viu no post, rs...

Acho que me viro bem sozinha. Mas tem certas coisas que realmente acho que são inerentes ao cromossomo Y.

Questões de carro eu admito: não sei nada. Só fui saber que tinha que trocar o óleo graças ao ex. A calibragem então, nem se fala. Fora que uma vez fiquei sem gasolina (don't ask) e não consegui armar o triângulo de jeito nenhum.

Outra coisa é o programa do IR. O que é aquilo? Só eu que acho difícil? Só consegui mandar a declaração com a ajuda de um amigo.

Tô sumida daqui, mas vc sabe que é por um bom motivo ;)

Beijo

5:11 PM

 
Blogger :: Cristina Cascardo :: said...

Vou passar a minha lista de absurdo femininos... Alias vou fazer um post no meu blog mesmo porque essa, vai ser grande, rs

3:55 PM

 
Blogger Re said...

hahaha Gaston, precisamos mesmo de vcs.... Como eu ia saber tb que a TV não é só colocar na tomada e ligar? Para que tanta modernidade se uma TV é tão complexa?
Olha, confesso que não calibro o pneu, só quando não consigo mais colocar o carro na garagem sem muita manobra e óleo não troco nunca.... para isso precisamos de homem sim!!!
beijos
Re

3:59 PM

 
Blogger Gastón said...

Lady Hell, quem diria. Quem é viva sempre desaparece não? HUmpf, até que enfim resolveu aparecer. Que bom ;0) É, a gillete de vcs dura mais. Sabe com é, a gente faz a barba todo dia. Ou quase isso. E eu que tenho a barba cerrada, tenho que fazer sempre mesmo.

Camila, falam sem o menor problema, na maior cara de pau.

Mulher solteira, seu ex sabe disso?

Carolzinha, eu tenho um curso anual de IR com meu pai. Tô ficando craque. ai de vc se sumir...

Cristina, faço questão de saber desses absurdos. Qualquer dia eu vou postar o outro lado da moeda. Mas nós homens não pecamos pela falta, pecamos tentando fazer coisas que não sabemos. E, claro, quebramos a cara.

Rê, e a mágica? Não é? A NET transmite o sinal dela via pó de pirlimpimpim. rsrsrs.

4:20 PM

 
Blogger Rubi said...

Pronto Gastón, admitimos que sim, que precisamos. Mas não é só para isso, é para ser amadas, admiradas e paparicadas. Assim como fazemos com vocês!! Beijo

1:24 PM

 
Blogger Mulher Solteira said...

Sabe sim, Gasta.
Fiz questão de publicar um texto sobre o assunto em um livro e mandar pelo correio pra ele! Hahahahahaha!

11:17 PM

 
Blogger Tati said...

não somos nós que precisamos de vcs, mas VC que precisa de amigas novas, um tanto mais espertas, rsrsrs
bj

8:48 AM

 
Anonymous Ale Garattoni said...

hahhahahaha

Preciso confessar que quase destruí meu primeiro carro porque só fui descobrir que tinha que colocar água às vezes quando meu pai levou o veículo para uma geral depois de muitos meses de uso!

5:01 AM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter