domingo, janeiro 20, 2008

Mulheres que amamos: a Carola.

Dando continuidade a uma muy antiga série de posts.


Tava enrolando pra postar sobre ela. Sacumé, de repente um raio cai na minha cabeça. Mas o fato é que, após estudar tantos anos num colégio de freira, eu não podia deixar de um dia mencionar a mulher carola. Depois da mulher Badauê e da mulher Darth Vader, minha beatinha, chegou a sua vez.

Tive que sair a campo para recolher material. Vasculhar as profundezas do lado negro do meu passado, entrevistar alguns amigos, pegar uns caderninhos de telefone com validade vencida... Sim, não é todo dia que a gente cruza uma dessas.

Queria ressaltar que acredito na máxima: Quem se converte não se diverte.

Mulher carola não dá pinta logo de cara. Tem todo um trabalho de revelação. Pois é, um treco divino mesmo. Um dia você recebe uma luz que te diz: "Filho, fujais enquanto é tempo ou ficarás numa seca desgraçada. Pois é não dando que não se recebe".

Por isso é melhor seguir meus conselhos e investigar.

Ela parece uma mulher normal como outra qualquer. No bar ela não bebe. Mas tudo bem porque nem toda mulher bebe, quase toda mulher faz regime e absolutamente toda mulher faz tipo.

Um bom teste é, ao chegar no boteco, pedir um Capeta pro garçom. Se ela se benzer, ferrou. Nesse caso não é sinal da cruz, é sinal vermelho mesmo.

Carola tem horror a palavrão. Não fala nem quando a bola pega na trave no jogo do Brasil. Bom, isso também não é nada excepcional já que muitas não sabem pra que lado o Brasil tá jogando.

Agora meu amigo, cuidado. Preste atenção a um detalhe importantíssimo desse quesito sobre palavrões e xingamentos: se ela virar pra você e disser:

- É um cara de bumbum mesmo, viu.

Sai correndo pela porta. Cara de Bumbum? Isso dá um nível de vergonha alheia inimaginável. Se tiver mais alguém ouvindo então sua vida social está arruinada. Quem na face da terra xinga alguém assim? Não consigo nem repetir. Isso não é insultar alguém, é insultar o insulto. Ela quis ofender gravemente mas não consegui achar nada mais agressivo. Não sei, pesa menos ave-marias na hora da penitência?

Deus me livre.

Pronto, agora pouca esperança sobrou. Mas sei lá, ela pode ter estudado na Suíça, ser filha de militar... fé irmão, mantenha a fé.

Próximo passo: convida ela pra sair domingo de manhã. É, inventa alguma coisa pra fazer. Andar no parque, ir no mercado municipal, malhar, ir numa feirinha de artesanato, qualquer coisa. Se ela recusar mais de três domingos seguidos é fato: ela tá na missa.

A não ser que ela se recuse a sair da cama antes das 11:30 no domingo. Vai que ela é dorminhoca? Não ceda amigo, não fraqueje. Continue confiando que a sua santinha é do pau oco.

Se depois de toda essa lenga, lenga, todas essas provas de fogo você ainda for um prego e não tiver certeza se a gata que você está saindo já está comprometida com o todo poderoso, faça o teste final. Mas atenção: o teste final pode provocar emoções muito fortes, só utilize em casos de dúvida extrema.

Entendeu?

Não tentem isso em casa.

Nunca executem sem o auxílio de um profissional.

Jamais e em hipótese alguma pratiquem isso com os amigos.

Se a duvida persistir, um dia, como quem não quer nada, solta no meio de um jantar que a Gretchen é sua tia. Exatamente, nada pode estar tão próximo do inferno quanto isso. É tiro e queda, ela vai jogar um balde de água benta em você. Tá desmascarada.

Perco o lugar no céu mas não perco a piada.

22 Comments:

Anonymous Fernanda Salgado said...

"absolutamente toda mulher faz tipo" e "muitas não sabem pra que lado o Brasil tá jogando" são frases que combinam bem com "toda mulher gosta de caipirinha de frutas vermelhas" e "mulher não sabe estacionar".

Que bom que estamos falando da maioria e não das suas amigas especiais que comentam aqui no seu blog.

8:50 AM

 
Anonymous Lunna said...

Cara...assim...fala baixo...não conta para todo mundo não mas...eu ja fiz este tipo ai ( a diferença é que sempre bebi e nunca fugi de um trio eletrico). Ate q um dia aconteceu uma coisa celestial. Uma nuvem se abriu, uma luz me tocou e uma voz disse "- Para de me enrolar q eu sei q vc não é disso!". Bem,, a apartir desta data eu sai da categoria "carola" para "moça-de-familia-comportada".

8:58 AM

 
Blogger "a" MH said...

concordo com a fernanda, e agradeço pelo esclarecimento. Humpf...

E se ela se revelar e te convidar pra ir na missa com ela? deus me (te) livre... Ainda bem que esse tipo é raro!

8:58 AM

 
Blogger Fabi said...

Pior é homem assim, e eu conheço.

bj

9:32 AM

 
Blogger MH said...

Odeio mulher Carola.
Amo a Gretchen.
Pronto, falei.

9:48 AM

 
Blogger Gastón said...

Fernandinha, muitas mulheres gostam de caipirinha de frutas vermelhas. Estacionar já é um problema da humanidade.

Lunna, você se desconverteu e passou a se divertir, foi isso? Aleluia :0)

Beibe, tenho um amigo que já fez isso... mas deixa pra lá.

Fabi, homem beato? Vale um post seu sobre o assunto :0)

MH, o mesmo medo que vc tem de palhaço, eu tenho da Gretchen. Aliás, reparou que ela na verdade é o Curinga do Batman?

10:25 AM

 
Blogger Ana said...

Gaston
pro seu governo, eu bebo sim, dirijo bem e entendo de futebol tá? E ainda assim sou uma moça de familia! :)
Agora, achei sensacional a ideia da tia Gretchen!! :D
Bjs

11:04 AM

 
Blogger Gastón said...

Ana, se vc entende de futebol, bebe e dirige bem, você é uma mulher e tanto, oras. E onde eu tô falando aí que mulher de família não pode ser assim? Agora, já pensou ser sobrinho da Gretchen? Putz, é pra se matar ;0)

11:14 AM

 
Anonymous Ciça said...

HAHAHAHAHAHA...Não desejo uma dessas nem pro meu pior inimigo...hahahaha
Beijooo

1:07 PM

 
Blogger Cláudia said...

Não entendi a parte "filha de militar". Pode esclarecer, por favor, sob pena de eu rogar uma praga e apenas mulheres carolérrimas cruzarem o seu caminho?

5:13 PM

 
Blogger Cláudia said...

em tempo: EU SEI PRA QUE LADO O BRASIL JOGA VIU? mas devo confessar que faço um tipo danado...

(ainda não me esqueci do "filha de militar")

5:14 PM

 
Blogger ANNA said...

Isso existe mesmo??? Não é possível...

Insultar o insulto foi ótimo!!

6:03 PM

 
Blogger Gastón said...

Ciça, ninguém merece. Bom saber disso. Sei lá né, vc já matou uma geladeira a facadas...

Clau, você pertence a uma pequena parcela de mulheres que sabem pra onde o Brasil tá atacando. Quanto ao filha de militar, estava me referindo à boa educação recebida em casa. Assim como a das que estudam na suíça. Digo que educação de mais atrapalha.

Anna, o que não existe nesse mundo, me diz?

9:01 PM

 
Blogger ANNA said...

Ter a Gretchen como tia seria o pior castigo!!!
Não, ninguém merece isso!!!

Ainda bem que eu conheço TODAS as minhas tias, mas apesar de a maioria ser bem doidona, sei que não há o risco de ter uma Gretchen ou uma Rita Cadilac na família! Já uma tia carola... bem... de perto nenhuma família é normal, né?

Beijo
(urb)Anna

7:44 AM

 
Blogger Cláudia said...

Olha, eu adoraria ser sobrinha da Gretchen ou da Rita Cadilac, imagina a quantidade de histórias que elas têm pra contar!

9:27 PM

 
Blogger Gastón said...

Anna, acontece nas melhores famílias :0)
Clau, Deus me livre ver minha tia num pornô depois dos 50 anos.

9:02 AM

 
Blogger Lala said...

Gastonildo

Carola que se preza nem sabe quem é Gretchen, fio. Se fizer o teste e ela continuar assentindo com a cabeça e sorrindo, FUJA AINDA MAIS RÁPIDO: ela é carola mesmo, a sério, no duro, não tem LOÇÃN de quem seja sua titi!

Beijo, lindo!

12:55 PM

 
Blogger Lala said...

Em tempo: Fernanda, tem coisa pior querida. E essa coisa pior é você ouvir de um amigo querido e lindo que "fulana" é a PRIMEIRA PAULISTA BONITA que ele conheceu.
Sendo eu paulista, a conclusão óbvia é que sou uma baranga sem solução?
Mais beijo

12:56 PM

 
Blogger Gastón said...

Lala, que calúnia!!!!!!!!!!! Você editou a minha fala, sua sacripanta! Eu moro nessa cidade há 31 anos e vejo uma mulher bonita por hora aqui. E, ainda em tempo, a Fernandinha é linda e Carioca.

1:04 PM

 
Blogger Rodolfo Barreto said...

A mulher carola não comemora.

1:54 PM

 
Blogger mc said...

pô, cadê meu comentário? Desisto.

5:00 PM

 
Blogger Tati said...

frase de tim nmaia: "Tu tá crente que eu tô crente que tu é crente..."

bj

10:38 AM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter