domingo, janeiro 07, 2007

No donut for you

Eu gosto de beber. E 90% dos convites que eu recebo pra sair são feitos com uma só palavra:

- Choppinho?

Como é bom sair pra tomar um Chopp. Sem dúvida é uma das coisas que eu mais gosto. Quando você chega no boteco, o garçom deixa um trincando a sua frente, brinda e dá o primeiro gole. Petisco, amigos, bate papo...

Mas e agora que, retirada a jaca dos pés, a gente precisa tomar vergonha na cara e perder uns quilinhos? E quando a gente está radicalmente decidido a eliminar (tem quem pregue que com peso tem que dizer eliminar. Porque quem perde algo é porque quer achar de novo) vários quilos?

O que a gente faz com o convite?

Vai. Não deixo de ir no boteco.

Tudo bem, a gente pode ir lá e beber um e depois mudar de bebida. Mas chopp é que nem Bis, que nem batatinha frita, igual a Ovinho de amendoim: você consegue pegar um?

Vamos supor que isso seja possível e a sua força de vontade vá além do zen budismo: que bebida a gente toma num bar quando perder a pança passa a ser prioridade em relação a tomar umas biritas?

Suquinho?

Coca-Light?

Guaraná?

Não dá né. O dono do estabelecimento fica ofendido, o garçom te olha atravessado, mulher então finge que você nem existe.

Ontem mesmo eu tentei uma tônica com limão. Eita treco ruim. Mas tônica tem com zero caloria e ninguém te olha feio. Sei lá, acho que o gosto é tão ruim que as pessoas respeitam quem bebe. E também o lugar não era nenhum templo da baixa gastronomia regada a chopp nem nada, nenhum Genésio, Filial, Pirajá ou coisa do tipo.

Mas quer saber o que foi mais bizarro? Lá pelas tantas (depois de umas 2 latinhas de tônica), bateu aquela vontade de fazer algo que só eu poderia fazer por mim mesmo. Levantei, e parti em linha reta em direção ao banheiro.

Parecia que tinha uma régua no chão. Eu tava sóbrio. Totalmente sóbrio.

Foi meio sem graça.

Bom, mas se eu gosto tanto de um choppinho e fico desapontado com a ida cartesiana pro mictório, porque tanto sacrifício? A s tais das prioridades.

Que me desculpem meus amigos bom bebedores mas o time vai ficar desfalcado. Só no copo, claro.

Podem continuar a me chamar pra tomar Chopp. Eu vou mas sem a parte do Chopp. Vou pela companhia, pelas risadas, pelo bate papo e pela tônica. Afinal de contas não adianta nada ser magro e esquecido pelos amigos.

Pelo menos até fazer as pazes com uma em especial: a balança.

15 Comments:

Blogger MH said...

O melhor é isso, aceitar os convites e manter a linha... estou tentando! Vou tentar me empenhar mais, essa semana. Ainda bem que consigo ficar só no primeiro chopp, brindar com a turma e voltar à tônica diet (que acho gostosa sim!)

E vamos ao cinema (nunca fiz questão de pipoca), às saladinhas, sempre bem acompanhados, bater papo e morrer de rir. Ainda que o caminho pro banheiro fique surrealmente reto...

12:00 AM

 
Blogger Gastón said...

Beibe, o beniu te entreg: você foi no chico hamburguer. Se emenda!

9:27 AM

 
Blogger mc said...

hahahahhahaha isso aí Rânei, não deixa barato não!! Essas informações podem ser valiosíssimas pra mim!
Bom, lá vou eu com mais uma dica de regime. Como sou contra qq tipo de radicalismo e concordo q não se pode abrir mão de TODOS os programas, uso a seguinte tática: peço um chopp garotinho, q mata minha vontade, e depois entuxo coca light. O mesmo vale para caipirinha de sake com adoçante!
Funciona, pode ver!

9:39 AM

 
Blogger Ana said...

Tenho uma tirinha do Adão que diz que caipirinha com adoçante vale 12 anos no inferno... ;)
Comecei uma dietinha ótima hoje, de grupo de alimentos, se quiser te mando.
Beijos

10:01 AM

 
Blogger MH said...

seu chato, foi por isso que falei que estava "tentando" e que ia me empenhar mais... TENTANDO não significa conseguindo. E é amigo seu me levando pro mal caminho, portanto parte da culpa é sua.
(rolando de rir...)

10:18 AM

 
Blogger Tati said...

comunicação masculina geralmente é feita com uma grande econimia linguística...
-Choppinho?
-Sinuca?
-Founde?

Mas engraçado, neste verão observei isso no meu marido e em um amigo, e na hora do frescobol, ao invés desta metodologia acima, era

-jogar aí?

Será que era pela palavra? FRESCObol seria muito afeminado pra dois marmanjos oferecerem?....
Homens, Homens...

10:47 AM

 
Blogger Gastón said...

Rânei, o problema é que um puxa o outro. Não dá pra ficar só no primeiro. Um chopp abre a porta para todo o barril. É foda...

Ana, bem vinda a Liga dos blogueiros de dieta :0) Eu estou me encaminhando para uma nutricionista. Vamos ver no que dá.

Beibe, agora eu tenho um olho em você. O Beniu está testando sua capacidade e força de vontade.

Tati, e precisa falar mais alguma coisa? Se eu chegar pra vc e falar assim:

- Choppinho?

Você não entende que a gente vai pra um bar sentar e tomar chopp, comer petiscos e conversar? Nosso poder de síntese é excelente. É um Dom! E vamos combinar que um esporte que começa com "Fresco" não deve mesmo ser pronunciado. E não é "Jogar aí?", é "Jogá aê?". Seu marido tem toda razão.

11:01 AM

 
Blogger Tati said...

jogá aê... é exatamente assim..... hehe beijos

11:55 AM

 
Anonymous Anônimo said...

Ai, Gastón, que saudades do seu blog, voltei hj na vida intrernética e ja me diverti horrores com os posts novos.. então, é isso aí, agora o lance é segurar a peruca, parar com a cervejinha e o tremosso e se exercitar.. eu não vou ter problemas com isso, vc não sabe como cansa dirigir aquela retro-escavadeira...
Bom 2007 para todos, muita luz e saúde!! Beijos
Caia

12:46 PM

 
Anonymous Ana R. said...

O que vale é a companhia da salada e acho bem bom vc concordar!
Vou te mandar meu "textos de apoio"...
Dessa vez vai...
A balaça vai virar amiga por bem ou por mal!
Bjoca e força aí!

4:38 PM

 
Anonymous Ana R. said...

O que vale é a companhia da salada e acho bem bom vc concordar!
Vou te mandar meu "textos de apoio"...
Dessa vez vai...
A balaça vai virar amiga por bem ou por mal!
Bjoca e força aí!

4:38 PM

 
Anonymous Renatinha said...

Aguá tônica, ninguém merece!!! Isso não é força de vontade e sim auto flagelo. Vc entrou para a Opus Dei???

8:42 PM

 
Blogger Gastón said...

Cainha, vc voltou! Estou armando com a sua digníssima irmã um encontro no mundo real.


Aninha, amé, amém (ai de mim se não concordar. POde me mandar os textos, lerei todos atentamente.

Re, me liberta. É a única coisa que eu arrumei pra beber. Não entrei pra opus dei porque lá eles tomam vinho e vinho tem caloria pra cacete.

9:15 PM

 
Blogger Cláudia said...

Dietinha? ãhn?.. hein?...

10:31 PM

 
Blogger Re said...

estou nessa fase também... de férias resolvi viver um spa forçado, comprei salada e limpei a geladeira de tudo que fosse calórico, comecei a usar a acadêmia do prédio todos os dias e fui mais radical, tadinho dos amigos, me chamavam para um bar e eu dizia: vamos no parque caminhar? e ainda continuam meus amigos... esta fase vai passar. Só faltam 5 quilinhos, só 5...

1:53 PM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter