domingo, dezembro 17, 2006

Bra"s"ilian National Hymn

Requentado. A prova da mais pura falta do que fazer de um sujeito chamado Gastón. Quem nem brasileiro é...
Aliás, nessa época ele ainda era Francês.


Gastón


Você já usou esses tradutores online? Pra mim esse negócio não funciona direito. Sempre que eu preciso de alguma palavra em inglês, francês ou seja lá que raio de língua, esse treco me deixa na mão.

Tá na hora de colocar essa engenhoca à prova.

Peguei a primeira parte do Hino Nacional Brasileiro e traduzi do português para o inglês, do inglês para o francês, do francês para o alemão, do alemão de volta pro inglês, do inglês para o francês outra vez, do francês pro espanhol, do espanhol pro inglês e do inglês de volta pro nosso português.

Segue na integra o texto original (pra quem parece jogador da seleção e não sabe cantar o Hino) e o resultado do teste.

Hino nacional (primeira parte)

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.
Terra adorada,
Entre outras mil, És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Hino traduzido, retraduzido e traduzido de novo.

As bordas pacíficas encontraram povos heróis
com o atronador do grito de Ipiranga
e algumas para falar uma da liberdade
dentro neste momento fúlgido
o esticado no céu da terra de superfície.

Esta igualdade que é confirmada,
para conquistar muito seio ou,
com a arma causa suficientemente
à morte em nossos o braços como o distrai!

Teve a cerveja do líquido,
idealizado, de ou das economias! Conserva!
Somos Brasil muito, o espaço livre do raio
e ele na terra diminui, como dentro
do ceu limpido do risonho
e da imagem do cruzeiro desobstruído.

O gigante para a natureza adaptada
é bonito, é você e impávido colossus
muito e eles espelham isto do largo.
A terra adorada milhas entre outras coisas que você teve,de Brasil, é amado!
As crianças tiveram desta terra que considera agravável
madre é, do nascimento dele, de Brasil!


Teve a cerveja do líquido????
Para conquistar muito seio??????

Bom, se alguém aí acreditar em mensagem subliminar... se encaixa perfeitamente.

8 Comments:

Blogger Rubina said...

Risos....Fiquei com vontade de fazer o mesmo com o hino português. Calculo que o resultado seria uma anedota completa!!!

5:11 PM

 
Blogger tacolla said...

Rubina, uma coisa boa a copa do mundo 2006 me trouxe com relação a portugal, além, óbvio, do Figo... O hino!!! Sou filha de português e não conhecia o hino lusitano, fiquei encantada!!!!!
beijos

8:36 PM

 
Anonymous Daniela Mann said...

Mas também existe uma versão amalucada do Hino português!!!
Nós aqui não nos importamos de rir com a nossa idiotice!
Gostei do seu blog!
Beijinhos

9:35 PM

 
Anonymous Anônimo said...

para conquistar muito seio... ou?? ou o quê? Eita hino atrevido!
mh

10:12 PM

 
Blogger Gastón said...

Rubina, pois pode ir fazendo o mesmo e colocando no seu blog :0) Agora eu fiquei curiso.

Oi Daniela, você deve ser amiga da Rubina, certo? Legal que gostou do BLog, é muito bem vinda e espero que apareça sempre.

Meu blog tá internacional.

Beibe, viu só que maravilha? Mensagem subliminar, eu que descobri.

10:35 PM

 
Anonymous Rodolfo Barreto said...

Putaqueopariu!
Muito bom esse teste.

O primeiro Altavista que eu tenho como base nasceu depois que a Bíblia foi feita. Passaram para um rei, depois pra outro e mais um outro e taí essa história de camelo passando pela agulha.

Deus me livre.

12:33 PM

 
Blogger Rubina said...

Tacolla

Modéstia à parte, o hino português é mesmo dos mais bonitos, tanto a letra como a música. Também gosto do brasileiro, que é muito ritmado.

Gastón, uma bela ideia para o Blog. Vou fazer essas rodagens pelas línguas todas e depois sentamo-nos a rir, prometo.

Um beijo

12:39 PM

 
Blogger Re said...

Pior que isso só um cara aí, que vi num evento cafona que fui, toca o hino em tupi guaraní em homenagem aos índios... Uma beleza... Viva os tratores on line. bjs Re

3:46 PM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter