quarta-feira, novembro 21, 2007

Os incomodantes que se mudem.

Há algum tempo atrás, escrevi aqui sobre meu vizinho de cima e os barulhos que eu ouvia durante a noite. Sobre minha cabeça morava um casal. Bem discreto, eu diria. Ouvia apenas os clássicos barulhos de xixi de madrugada, banho à noite, gavetas pela manhã... mas nada de sexo em hora alguma. Estranho. Ou eles não andavam bem, ou ficavam horas numa posição de kama-sutra ou tinham algum fetiche do tipo trepar na cozinha com a geladeira aberta. Sei lá, cada um com seu cada um.

O fato é que, de um mês pra cá, minha vida mudou. Na verdade, o que mudou mesmo foi uma família com duas crianças pequenas pro 144. Pra quem achava que o inferno ficava pra baixo, eu garanto que ele está exatamente um andar acima.

Mãe histérica + pai trovão + filho mais velho espírito-de-porco + filho mais novo vitrolinha.

A primeira vez que escutei algo vindo daquele apartamento foi um "Larga ele, larga ele seu moleque, larga se não e te arrebento". Sutil.

Sete e meia da manhã de sábado a casa inteira está acordada. Aliás, as casas: a deles e a minha por tabela.

O pior da coisa é a dupla Mãe descontrolada + menino vitrolinha. Porque menino vitrolinha? É que quando eu era moleque, tinha um garotinho na minha rua com uma voz muito, muito fininha e irritante. A gente chamava ele de vitrolinha. Lembra daqueles toca-discos cor-de-laranja que a gente botava disquinho com história da Dona baratinha? Então, é por aí a coisa.

Mas a culpa de tudo é do irmão mais velho. Clássico. O mais velho tem a idéia de jerico, manda o mais novo executar, dá uma merda qualquer, a mãe começa a urrar e o vitrolinha chora. E como chora essa criatura. Sem sacanagem, eu escuto esse infeliz chorar umas oito vezes por dia. Um sofredor.

Alguém me sugeriu de chamar a Super Nanny. Eu já tô é ligando pro Capitão Nascimento.

- Zero-meia, larga esse brinquedo que é do zero-três, zero meia. O senhor já tem seis-anos, zero meia. O Senhor não tem vergonha? Tá quase com barba na cara e tá querendo brincar de cubinho de encaixar, zero-meia? Zero-três, tá na hora do seu banho. Você tem dez segundos pra entrar no chuveiro zero-três. Engrossa essa voz, zero-três. Vocês querem ser gente grande um dia? Nunca serão, NUNCA SERÃO.

Complicado vai ser o barulho dos polichinelos e flexões dos dois moleques. Fora que, trocar os gritos da mãe pelos do Capitão Nascimento vai dar no mesmo. Mas a médio prazo os do capitão devem resolver.

Sei lá, tava pensando aqui se um dia eu vou ter sossego. Porque, antes de mais nada, o zero-três vai engrossar aquela voz de desenho animado daqui uns sete anos. Dois irmãos param de brigar entre si somente quando uma coisa acontece na vida deles: mulher. Até o zero-meia se interessar por uma menina, vai por aí uma boa leva de tempo. Fora que esse lance de acordar sete e meia da matina só vai acabar na adolescência, quando os marmanjos vão querer hibernar até meio-dia.

Ou seja: sem esperanças.

Tapa ouvidos? Mas e aí, como eu escuto o despertador? Aliás isso é um mistério não desvendado pra mim.

Será que o 154 tá vago? Aí, além de tudo, eu contra-ataco.

Mando fazer um teto com isolamento acústico?

Afogo o vitrolinha na piscina?

Já sei, enfio uma coleira anti-latido no pescoço do moleque. Ia ser legal heim? Chorou, levou choque. Não, melhor não. Entraria num círculo vicioso que ia eletrecutar o menino.

Tá bom, tá bom, eu empresto meu Playstation pra eles. Saco.

41 Comments:

Blogger Fabiana said...

Olha eu sinceramente tenho pena de quem mora embaixo de mim. Eu sempre ensino que nao pode pular, correr, jogar bola dentro de casa. A caçula quando morava gente embaixo, pulava e dizia :-"Desculpa o de baixo!"
Não adiantava nada, mas ela sempre fazia,rs

Agora, eu já tive uma vizinha que as 6:30 da manha andava pela casa toda com salto alto e isso sim é irritante. Aquele tec,tec de ponta a ponta do ape. E ainda falava que ia arrebentar as filhas se elas chegassem atrasadas na escola, um doce, rs

Vizinhos, melhor nao ter, rs

bj

11:00 PM

 
Blogger r a c h e l said...

hahahaaaaaaaaaaaa... ri muito aqui.

bj

11:27 PM

 
Anonymous Mulher Solteira said...

Eu também ri muito!

Eu não me dou conta do quanto a minha surdez pode ser abençoada. Pra mim é quase sobrenatural imaginar que seja possível ouvir alguma coisa vinda de um apartamento acima do meu.

No máximo ouço, lá longe, de vez em quando, o tu-tu-tu de uma secretária eletrônica...

1:43 AM

 
Anonymous Adauto said...

Conheço MUITA família assim... Ainda bem que moro numa CASA! :D

6:03 AM

 
Blogger C. said...

Eu ri muito, daí resolvi comentar. Menino vitrolinha é muito engraçado. Eu sofro um drama semelhante, prédio cheio de crianças, cercada por todos os lados, vítima de todos os barulhos possíveis. Seu blog é ótimo.

7:49 AM

 
Blogger ANNA said...

Eu te entendo, Gasta, como te entendo!
No apartamento acima do meu moram um casal e a filha que deve ter uns 8 ou 9 anos.
Não sei o que acontece logo cedo, de segunda a sexta, todos os dias, ou a garotinha não quer ir pra escola, ou deixou de fazer a lição, ou não quer escovar os dentes, sei lá, o fato é que todo dia a mãe dela dá altos berros, agudos berros, irritantes berros com ela.
E daí a garotinha chooooora, e choooora, e chooooora!
Ainda bem que quando essa aventura toda começa eu já estou levantando.
Mas aí vêm o sábado e o domingo...
Ela não tem aula, entao supostamente eu poderia dormir até mais tarde sem ter meu suave sono interrompido pelos berros da mãe ou choro da filha.
Mas adivinha...
A mãe acorda cedo já brigando com o pai! Não é briguinha não, é quebra pau mesmo!!!
Resumindo: Acordo cedo todo dia.
Beijo
(Urb)Anna

7:52 AM

 
Blogger Gastón said...

É Fabi, vc tem 3 né? Afe... imagino uma briguinha das três... rsrsrsrs. Tenho um conhecido que destruiu o teto dele de tanta vassourada. Motivo? Uma vizinha que só andava de tamanco.

Rachel, que bom que curtiu ;0)

Mulher, apartamentos novos né... os caras fazem o chão de papel, não é possível. Fico imaginando as queixas que o 134 tem de mim.

É Adauto, eu morei quase a vida toda numa casa. Agora estou experimentando as "delícias" do apartamento.

C. espero que você ria mais vezes e possa comentar sempre :0). Pois é, sou o único solteiro num prédio cheio de casais recém casados e com filhos pequenos. É um festival de crianças.

Anna, ninguém merece heim? Pra mim, durante a semana é tranquilo. O bicho pega mesmo no fim de semana. Porque os diabinhos ficam em casa. E a diabona fica brava com eles.

8:26 AM

 
Anonymous Yara said...

Pior lá no cafofo que a galera não paga condomínio. Sustentar marmanjo é uma m.... prédio é um cortiço na vertical, hohoho.

8:37 AM

 
Anonymous Fernanda Salgado said...

Música... Coloca um rock'n'roll do demo, bem alto, no sábado de manhã, com as caixas de som viradas pra cima.

Música às vezes resolve tudo. Se não servir pra incomodar, serve pra você não escutar os choros do chatinho vitrolinha.

É o que eu faço com o pedrinho, meu vizinho do lado de 3 anos. O menino vai chorar no corredor! Nunca entendi... Acho que tem muitos amiguinhos indo usar o banheiro dele. Né possível.

8:46 AM

 
Blogger Rodolfo Barreto said...

O papo é sobre vizinho de cima?
Deixa eu ficar quieto.

9:09 AM

 
Anonymous Ciça said...

A minha vizinha de cima adora colocar salto alto e fazer caminhadas matinais (ou madrugadais) entre a cozinha e o quarto repetidamente...fica aquele toc toc insuportável! As vezes eu não me aguento, pego o cabo da vassousa e praticamente arrebendo o teto de casa...as vezes funciona. Já pensou nisso? hahaha

9:17 AM

 
Anonymous Ciça said...

Hahahaha...agora que eu li os outros comentários. Não é só a minha vizinha que anda de salto pelo apartamento e não sou só eu que dou vassouradas no teto...hahaha...ufa! Acho que sou normal (pelo menos de longe...)

9:21 AM

 
Anonymous Isabele said...

hahaha adore. Realmente a situação é crítica. Mas com criança irrita imagine os adultos barulhentos. Tenho um vizinho imbecil q todo jogo do flamengo grita na janela. Não importa a hora. Ódio!

9:29 AM

 
Blogger mc said...

Como é difícil viver em sociedade né, Rânei?

Meu vizinho de baixo deve me amar, eu sou a melhor vizinha de cima que alguém pode sonhar.

9:36 AM

 
Blogger MH said...

Aqui, por enquanto, só ruídos distantes e discretos da vizinhança. Mas mudei faz pouco tempo, né, talvez seja propaganda enganosa, pra quando eu estiver bem acomodada e tranquila eles botarem fogo no picadeiro... espero que não!

9:38 AM

 
Blogger MH said...

Cara, eu moro no ultimo andar.
E meus vizinhos de baixo me infernizam.
E digo vizinhos pois morava um casal e me azucrinavam com sexo a noite toda.
Mudou uma família e piorou tudo. Com certeza é essa familia que se mudou pro seu predio (se for, você está frito). O muleque andava de skate dentro do quarto.
Por fim, mudou uma solteira quarentona. Achei que ia sossegar. Ledo engano. Ela vai dormir 1 e meia da manhã (andando de salto alto) e acorda as 6 (andando de salto alto e batendo portas)
INFERNO. INFERNO. INFERNOOOOOOOOOO

marcelo henriques

10:55 AM

 
Blogger MH said...

Tecnicas que ja usei.
1) Usar tampao de ouvido. Daqueles pequenininhos
2) Usar aqueles tampões gigantes que usam para trabalhar com britadeira. Mas minha cabeça ficava torta no travesseiro.
3) Arremessar meus anuários de criação no chão para revidar os barulhos
4) Comecei a calçar o salto alto da minha mulher e andar pra la e pra ca na casa pra revidar o brulho. Mas um dia me vi no espelho de cueca e salto alto e nunca mais fui o mesmo.

marcelo henriques

10:56 AM

 
Blogger Gastón said...

Yara, tá braba a coisa heim? Nego que não paga condomínio é uma sacanagem só.

Olha Fê, boa. Aliás, vou fazer melhor: vou grudar um amp no teto, pegar a Fender e descer o braço.

É Rods, esquece. deixa pra lá. Não tá mais aqui quem fez xixi de madrugada.

Viu Ciça? Normalzinha, normalzinha rsrsrs. Prefiro ficar com os barulhos a detonar meu teto. Aquele gesso foi caro...

Isabele, o meu antigo vizinho berrava nos jogos do São Paulo. Esse de agora pula nos jogos do corinthians. Mas como o corinthias tá uma m..., ele anda quietinho, quietinho rsrsrs

Rânei, vem morar no MOrumbi? Vem vai? No 144. Eu empresto açucar pra vc.

Beibe, espero que tudo continue como está. E corta as unhas da Flor pra não ficar um tec-tec pro seu vizinho de baixo o tempo todo :0)

11:01 AM

 
Blogger Jo-Jo said...

Gasta, eu adoro criança, mas com o seu relato só posso dizer uma coisa: E VIVA O SUPER NANY CAPITÃO NASCIMENTO!!!!! Adorei a solução, mesmo porque sempre é o "filho alheio que chora alto e come feio" como diria minha avó...rsrsrsrs
bj

11:26 AM

 
Blogger Gastón said...

Mh, sua vizinha, além de barulhenta, tinha parte com o Demo. Ela andava no teto de salto alto? que belas cenas você tem nos proporcionado hoje heim meu amigo? A do banheiro, agora a de cueca e salto... hahahahaha.

Jo-Jo, é sempre culpa dos pais. Até a voz do moleque é culpa dos pais. Genética, genética...

11:33 AM

 
Blogger Anninha said...

Olha, eu imagino que deva ser muiiiito doloroso mesmo isso, mas para mim foi um consolo ler. É que eu tenho no apt de cima o 1º tipo, que abre tudo quanto é porta e vai ao banheiro a noite toda. Eu tinha vontade de sambar de salto fino no teto até você me lembrar que poderia ser muito pior. Dá uma de capitão Nascimento com as crianças quando encontrá-las no elevador. Pode te render pelo menos uma noite de sono.

11:54 AM

 
Blogger MH said...

hahahahahahahha. nada disso, eu moro em cima..ela mora embaixo. mas o maldito som do salto dela sobe (infernoooooo). Em tempo..rolei de rir com seu comentario la no meu blog. Serio...ri muito!!

1:12 PM

 
Anonymous Lunna said...

Gastón,

Recomendo barulhos de sexo selvagem TODAS as noites (nem que seja gravado de um desses filminhos). Eles vão se tocar da pertubação e vc, como único solteiro do predio, ainda fica com uma fama arrasa-quarteirão.

1:29 PM

 
Blogger Rubina said...

Gaston

O meu cantinho fez um ano e voce tem uma mencao especial.Passe por la. Beijo

3:01 PM

 
Anonymous Anônimo said...

fala aí, Gasta.. seu sonho é ter uma vizinha ruiva, 1,75 de altura, lábios carnudos e corpo escultural que more sozinha e não saiba mexer no DVD! haha.. pois é, meu amigo!! Se não pode vencê-los junte-se à eles.. se te acordam às 7 da manhã acorde-os às 4 da matina!haha..
BEIJOOOO!!
Caia

3:57 PM

 
Blogger Cláudia said...

Gaston
lembrou que estamos no fim de novembro e logo chegam as férias escolares?
Isso significa basicamente duas coisas:
- amiguinhos vindo brincar em casa
- priminhos vindo passar férias

Torce pra eles serem do time da Isabela, que se mandava pra casa dos avós em Brasilia no mesmo dia em que acabavam as aulas e só voltava no último fim de semana de férias.

beijo (desculpa, nao era pra te deprimir...)

5:51 PM

 
Blogger ANNA said...

Que perrengue! O meu problema é que moro num predio baixinho e o play do prédio dos fundos dá quase na minha janela! Além do infernos dos finais de dia e fim de semana, quando tem festinha de aniversario tocando High School Musical tenho que sair de casa! Mas pelo menos não me tiram da cama cedo!

Sinto muto, my friend! Seu problema não tem solução...

9:49 PM

 
Blogger Gastón said...

Anninha, que boa idéia. vou eu mesmo tocar o terror neses moleques. Preciso arrumar um uniforme do BOPE.

MH, invade a casa dela e serra todos os saltos da mulher.

Lunna, pra isso eu preciso de uma gata selvagem.

Rubi, vou lá.

Caia, esse é EXATAMENTE o meu sonho. EXATAMEEEEEEENTE.

Clau, to mau agora. É verdade. Espero que eles sejam burros a ponto de pegar recuperação na primeira série e no maternal.

Anna, se eu que tô no 13 andar escuto as festinhas do meu prédio, imagino vc... eita.

12:57 PM

 
Anonymous Ana Julia said...

Gasta!!!

Capitão Nascimento?? Ótimo!!

Crianças são lindas.. quietinhas!!!

E.. bem... até eles pararem com essas briguinhas... vai tempo para arranjar uma mulher p eles

11:01 PM

 
Blogger Flávia said...

Minha mãe mora embaixo de um apartamento de meninas, umas 5, que vivem em total correria, com seus saltinhos de madrugada... Se vc preferir, acho que minha mãe troca.
Mas o pior de tudo sou eu, que moro ao lado de uma casa, onde encontra-se um papagaio deprimido por estar fora do seu habitat e que os donos ficam cantando musiquinhas para papagaios com VOZ DE PAPAGAIO!!!!! O dia todo, todos os dias...
Só gravando para sentir o drama.
Beijos

11:24 PM

 
Blogger Keep walking said...

gasta, vamos revidar fazendo HH no seu apto, com musica e gargalhadas. Aí, vc propoe um pacto: vc suspende as baladas se eles suspenderem (ou ao menos calarem) as pestes.
Ou se não, coloca dramin na caixa de agua do prédio. As crianças dormem mais e tudo deve ficar mais calmo...

9:30 PM

 
Blogger Tati said...

É a velha tática do una-se a eles...
beijo

8:16 AM

 
Blogger Aline said...

"Dois irmãos param de brigar entre si somente quando uma coisa acontece na vida deles: mulher."

Ótima frase!

Bjs.

6:05 AM

 
Anonymous Anônimo said...

gastón

dicas para dormir de tampao

primeiro de tudo, mto dificil acordar com os 2 na orelha, eu garanto... outra coisa, um ou dois despertadores DAQUELES bem agudos, o tampao nao ajuda mto com o som agudo... e para completar, cel no vibra do seu lado... isso mesmo na cama, do seu ladinho como se fosse alguém . impossivel nao acordar, soh em dias de MTO sono, mas dai vc nao vai lembrar decolocar o tampao.
eu garanto. se vc perder hora me escreve um dia me xingando ok.

bjos Luiza

6:41 PM

 
Anonymous Simone said...

Hahaha, hahaha, hahaha... Náo vou parar de rir nunca mais!!!
Tem certeza que vc é amigo do MH??? Aliás, será que ele vai ficar muito bravo se eu pedir pra trocar de amigo? É que ele anda táo ausente (vou aproveitar pra mandar o recado) que eu tô sentindo falta do mau humor e tô me divertindo muito mais aqui... hahaha.
Bjos,
Simone.

3:44 AM

 
Anonymous Anônimo said...

O post já tem quase 6 anos e se tivesse 60 estaria atualizado. Agora eu pergunto: Será que as mulheres que "desfilam" de salto alto dentro dos seus apartamentos tem ervilha no lugar do cérebro? Ou realmente a apalavra "empatia" está ausente dos dicionários delas? Tive uma discussão com uma e reclamei com o síndico. Tenho pouca esperança que mude.Quer dizer, precisa ser ministro do planejamento para se organizar e por a m. do salto somente na hora que vão sair? A tal "trabalha "à noite" pelo que dizem (se é que me entendem) e deve se imaginar desfilando para os clientes! Já que ela dorme de dia estou pensando em começar a ligar meu home de 1000 watts rms com Sepultura e no máximo no horário que ela chega do "batente"...Meu nome é Ricardo, mas postarei como anônimo porque não abre o gmail no meu trabalho!

8:31 AM

 
Anonymous Anônimo said...

Gente, meus vizinhos de cima são uma familia de rinocerontes . Pais que nao dao limites aos filhos e permitem que seus dois pequenos tErrores corram livremente pelo interior do apto. Para completar eles enfiaram um cão la dentro que chamamos de Mangalarga - para se ter uma ideia. O cào faz barulho o dia todo correndo e pulando . É praticamente um cavalo correndo solto . A mulher levanta perto das 6h de segunda a segunda e já abre as janelas dos quartos batendo-as, obviamente, logo na sequencia e bem no meio daquele silencio em que os normais deste mundo gozam do melhor de seu soninho . A partir dai começa a circular (e consequentemente a fazer barulho) , arrastando moveis na cozinha (não , eles nào conhecem o feltro) . Portas são batidas , o mangalarga pula e as crianças choram ou gritam (não, eles nào sabem falar em tom normal nem nesse horario) - tudo ao mesmo tempo. Às vezes o aspirador de pó também é ligado exatamente as oito horas, zero minutos e zero segundos, só para fazer valer a neurose da limpeza matinal com cartão de ponto. Vai que ela atrasa a faxina em meia hora e tem uma sindrome do pânico logo depois, por sentir culpa, né ? Então sou acordadado no horario que eles determinam, visto que não possuem a menor noçào de respeito ( delicadeza então passou longe !) . Quem disse que viver em Condominio hoje em dia é uma boa ? Não passam de carissimos cortiços de alvenaria que oferecem o "beneficio" da segurança em troca de pessimas condições de vida.

8:21 PM

 
Blogger hozan gobar said...

Vivemos em um país sem fiscalização e faltam leis abrangentes aos ignorantes e mal educados. Quem mora em cima tem obrigação de zelar pelo bem estar do de baixo, se tem criança, coloque proteções ou mude o piso para flutuante, faça acordo no condomínio para todos fazerem o mesmo. A falta de educação do brasileiro é notória, tanto que a maioria reclama do governo e as vezes faz pior veladamente. Para sorte de quem pode adquirir imóvel novo, saiu a Norma Sobre Desempenho Nas Edificações residenciais nº15.575, a partir de Junho deste ano, os projetos de empreendimentos residenciais que forem submetidos, devem tomar ainda mais cuidados com o isolamento acústico e seguir regras mais rígidas com o objetivo de oferecer mais conforto e segurança aos moradores. Muita gente não pensa no dia de amanhã, muitos pensam que vivemos por cima sempre, até que caímos no vazio ou como dizia minha bisa, quando a roda grande entra pela pequena ou seja quando ninguém pensa que aquilo o atingirá. Tudo descrito acima por vocês só pode ser chamado de falta de educação, de princípios, de valores e de senso coletivo e ainda falta de humildade. espero que nos livremos dos maus vizinhos e possamos viver nossa vida em paz sem fazer mal à ninguém, abração à todos.

9:55 PM

 
Anonymous Anônimo said...

Tentei...quebrou a merda do gesso e nada....ate bomba em panela de ferro....

9:51 AM

 
Blogger Unknown said...

Aconteceu isso comigo...primeiro mes ok...depois a demonia da limpeza matinal surgiu!
As vezes penso como será minha vida na prisão. ...

9:54 AM

 
Blogger Solitá Ramones said...

Eu to enlouquecendo...sério. ..to mal....
a neurose da limpeza matinal com cartão de ponto.
Que triste!
As x da vontade de matar ou morrer....coloco rock ....mas nao queria incomodar qqr outro...mas....to quase Meu nome Lis.... affff

10:10 AM

 

Postar um comentário

<< Home

 
web site hit counter